Bolsonaro é convidado para final da Libertadores, mas precisa testar para Covid-19

A Conmebol avalia que Bolsonaro não deve comparecer ao Maracanã na partida entre Palmeiras e Santos em razão da necessidade de apresentar teste negativo para Covid-19 e de usar máscara de proteção durante todo o jogo

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) convidou Jair Bolsonaro para assistir à partida final da Libertadores entre Palmeiras e Santos em 30 de janeiro no Maracanã. Ao blog de Marcel Rizzo, do UOL, o Palácio do Planalto informou que Bolsonaro ainda não decidiu se irá ao evento.

Um detalhe importante é que todos os presentes na partida precisarão apresentar teste negativo para Covid-19 feito até 96 horas antes do jogo, marcado para as 17h. A regra também vale para Bolsonaro.

Internamente, a Conmebol espera que Bolsonaro não compareça. O motivo? A necessidade de apresentar o teste e, além disso, de usar máscara de proteção contra o coronavírus, medida que o chefe do Executivo brasileiro não tem adotado.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email