“Eu me envergonharia se ela berrasse a favor de um torturador”, diz Isabel Salgado, mãe de Carol Solberg

Ex-atleta de vôlei de praia, Isabel Salgado celebrou o resultado do julgamento da filha, Carol Solberg, que se livrou de uma suspensão por gritar "Fora, Bolsonaro". "Eu me envergonharia se ela berrasse a favor de um torturador", disse

Isabel Salgado e Carol Solberg
Isabel Salgado e Carol Solberg (Foto: Volei.org)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Ex-atleta de vôlei de praia, Isabel Salgado celebrou o resultado do julgamento da filha, Carol Solberg, que se livrou de uma suspensão e multa de R$ 100 mil por gritar "Fora, Bolsonaro". De acordo com a mãe, o protesto foi legítimo e seria estranho se o grito fosse a favor de um "torturador".

"A manifestação da Carol foi pra lá de lícita e legítima numa entrevista. Eu estranharia se fosse diferente. Eu me envergonharia se ela berrasse a favor de um torturador. Ou enaltecendo uma pessoa que agiu covardemente contra outros. Ou se ela fosse homofóbica ou racista. Eu me orgulho de meus filhos. Do caráter bacana deles. Eu estranho a indiferença das pessoas diante do que está acontecendo no Brasil. Na nossa cara", afirmou em entrevista ao jornal O Globo.

Isabel, que também já se manifestou diversas vezes contra o governo de Jair Bolsonaro, disse haver uma repressão grande no esporte para que atletas não se posicionem politicamente. "Acho que alguns atletas gostariam de se manifestar, mas existe toda uma repressão, toda uma estrutura que veta a participação. Em qualquer meio há retaliações. Eu entendo o silêncio de alguns porque não têm como pagar o preço. Mas de outros, eu lamento. É como se dissessem aos atletas. Atue, jogue e não se manifeste em nada. É patético", acrescentou.

Carol Solberg vai recorrer da advertência que levou do STJD. A defesa da atleta entendeu que o Código Brasileiro de Justiça Desportiva e o Regulamento das competições não possuem algo que proíba tal conduta. No tribunal, ela foi condenada por três votos a dois.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247