Fabricante da Johnnie Walker e Smirnoff, Diageo retira marcas da Copa América

Nota emitida pela empresa justifica a decisão “diante da atual situação sanitária brasileira e em respeito ao momento da pandemia do Covid-19”

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A empresa de bebidas Diageo, que fabrica a Johnnie Walker e a Smirnoff, não vai divulgar a marca na Copa América, da mesma forma que ocorreu com a Mastercard e a Ambev. Nota emitida pela empresa justifica a decisão “diante da atual situação sanitária brasileira e em respeito ao momento da pandemia do Covid-19”.

“Os termos do patrocínio foram acertados quando o evento estava previsto para ser realizado na Colômbia e Argentina”, continua o comunicado, ressaltando que reitera compromissos com a sociedade “observando os protocolos de segurança e ações institucionais que contribuam para a mitigação da pandemia”.

Nesta quinta-feira, 10, o Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria pela realização da Copa América no Brasil, apesar da pandemia de Covid-19. Com a decisão, o início da competição fica mantido para domingo (13), com quatro cidades-sede confirmadas: Brasília, Rio de Janeiro, Cuiabá e Goiânia.

Inscreva-se na TV 247, seja membro, e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email