Nadador bolsonarista é pego no antidoping

André, que fez campanha para Jair Bolsonaro em 2018, terá de explicar como o anabolizante apareceu em seu corpo

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O atleta bolsonarista André Calvelo, de 20 anos, que teve resultado analítico adverso para um esteroide anabolizante, em exame surpresa da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), poderá pegar até quatro anos de suspensão, caso fique comprovado o uso intencional da substância drostanolona, proibida pela Agência Mundial Antidopagem (Wada).

Segundo reportagem do jornal O Globo, o lutador Anderson Silva já foi pego em exame antidoping, em 2015, pelo uso da mesma substância. Em julgamento da Comissão Atlética de Nevada (NAC), Anderson pegou um ano de suspensão (além da drostanolona, seu exame apresentou androsterona).

André, que fez campanha para Jair Bolsonaro em 2018, terá de explicar como o anabolizante apareceu em seu corpo e provar uma contaminação involuntária. Pode ter pena inferior a quatro anos dependendo das circunstâncias.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email