Paraná sanciona lei que pune homofobia e racismo nos estádios

As penas previstas são advertência, multa e proibição de frequentar jogos de um a quatro anos

Clássico entre Atlético Paranaense e Coritiba
Clássico entre Atlético Paranaense e Coritiba (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), sancionou a Lei nº 20568/2021, que prevê punição para torcedores e clubes de futebol cujas torcidas pratiquem atos de racismo, injúrias raciais e/ou homofobia em estádios. A lei foi publicada no Diário Oficial na última sexta-feira (17). 

As penas previstas são advertência, multa e proibição de frequentar jogos de um a quatro anos. As multas para torcedores podem variar de R$ 5.6 mil a R$ 22.4 mil. Para clubes e dirigentes, o valor varia de R$ 56 mil a R$ 112 mil.

A lei prevê também sanções para atos de intolerância étnica, religiosa e de xenofobia praticados nos estádios e em um raio de até cinco quilômetros dos locais dos jogos. 

O texto diz que multas não serão aplicadas no caso de o clube adotar medidas necessárias à identificação dos responsáveis. 

Com informações do GE.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email