A 9 dias de renunciar, Doria inaugura hospital inacabado

Já em ritmo de campanha, João Doria (PSDB) inaugurou nesta quinta-feira (29), nove dias antes de renunciar à Prefeitura, o Hospital Municipal de Parelheiros com as obras ainda incompletas; moradores ficaram decepcionados com a inauguração fake promovida pelo tucano

A 9 dias de renunciar, Doria inaugura hospital inacabado
A 9 dias de renunciar, Doria inaugura hospital inacabado (Foto: Wilson Dias/EBC/FotosPúblicas)

SP 247 - A nove dias de renunciar ao cargo de prefeito para se candidatar ao governo estadual, João Doria (PSDB) inaugurou nesta quinta-feira (29) o Hospital Municipal de Parelheiros com obras ainda em andamento.

A unidade no extremo sul de São Paulo começou a ser construída há três anos, durante a gestão do ex-prefeito Fernando Haddad (PT).

Por enquanto, o novo pronto-socorro terá cinco especialidades: ortopedia, ginecologia, clínica médica, cirurgia geral e pediatria. A previsão é atender 600 pessoas por dia quando as obras forem finalizadas, até o fim de maio.

Doria deve renunciar ao cargo de prefeito até 7 de abril para ser candidato ao governo estadual.

O novo pronto-socorro não será porta aberta, ou seja, só atenderá pacientes encaminhados por outras unidades de saúde, como AMAs e UPAs, ou casos de urgência e emergência.

O modelo de atendimento no pronto-socorro foi criticado por moradores da região, que há décadas aguardavam pela conclusão das obras do hospital.

As informações são de reportagem de Regiane Soares na Folha de S.Paulo.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247