A reboque do PMDB, Aécio diz ter esperança no governo Temer

Principal responsável pela crise política, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que fez com que o País mergulhasse no caos ao não aceitar o resultado das urnas e aliar-se ao deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para que este levasse adiante o golpe, ele agora se vê reboque do PMDB e diz ter "esperança" no sucesso de um eventual governo Michel Temer; "Nós, do PSDB, estaremos discutindo com o presidente Michel, se ele vier a assumir a Presidência da República, em torno de um programa", diz ele

Principal responsável pela crise política, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que fez com que o País mergulhasse no caos ao não aceitar o resultado das urnas e aliar-se ao deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para que este levasse adiante o golpe, ele agora se vê reboque do PMDB e diz ter "esperança" no sucesso de um eventual governo Michel Temer; "Nós, do PSDB, estaremos discutindo com o presidente Michel, se ele vier a assumir a Presidência da República, em torno de um programa", diz ele
Principal responsável pela crise política, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que fez com que o País mergulhasse no caos ao não aceitar o resultado das urnas e aliar-se ao deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para que este levasse adiante o golpe, ele agora se vê reboque do PMDB e diz ter "esperança" no sucesso de um eventual governo Michel Temer; "Nós, do PSDB, estaremos discutindo com o presidente Michel, se ele vier a assumir a Presidência da República, em torno de um programa", diz ele (Foto: Leonardo Attuch)

Minas 247 – Principal responsável pela crise política, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que fez com que o País mergulhasse no caos ao não aceitar o resultado das urnas e aliar-se ao deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para que este levasse adiante o golpe, ele agora se vê reboque do PMDB e diz ter "esperança" no sucesso de um eventual governo Michel Temer.

Leia, abaixo, trecho de entrevista coletiva do senador tucano:

O vice-presidente Michel Temer está apto a assumir este governo? 

Nossa esperança é que sim. Nós, do PSDB, estaremos discutindo com o presidente Michel, se ele vier a assumir a Presidência da República, em torno de um programa. Até porque temos um programa que foi amplamente discutido na sociedade, que passa por reformas profundas, pela profissionalização do Estado, por uma política externa pragmática e altiva, em favor dos interesses do Brasil, passa pelo enxugamento da máquina pública, por reformas estruturantes que não foram feitas até aqui. Caberá ao vice-presidente Michel Temer, se assumir a Presidência da República, se colocar à altura desse desafio, e esperamos que ele possa fazê-lo.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247