Absurdo, afirma Solla sobre corte de acesso a remédios

O deputado federal Jorge Solla (PT-BA) criticou o governo Michel Temer, ao reforçar que a gestão "cortou o acesso a medicamentos indispensáveis à vida de pacientes com doenças raras!!"; "Isso é um absurdo !!!!", disse

Absurdo, afirma Solla sobre corte de acesso a remédios
Absurdo, afirma Solla sobre corte de acesso a remédios (Foto: Esq.: Gabriela Korrossy / Dir.: Gustavo Bezerra (PT na Câmara))

Bahia 247 - O deputado federal Jorge Solla (PT-BA) criticou o governo Michel Temer, ao reforçar que a gestão "cortou o acesso a medicamentos indispensáveis à vida de pacientes com doenças raras!!". "Isso é um absurdo !!!!", escreveu o parlamentar no Twitter.

Pacientes com doenças raras como a Hemoglobinúria Paroxística Noturna (HPN) e a Síndrome Hemolítico Urêmica Atípica (SHUa) denunciaram nesta quarta-feira (4), na Câmara, o descaso do Ministério da Saúde do Governo Temer ao não garantir o fornecimento de medicamentos para os tratamentos dessas doenças, ignorando até mesmo determinação judicial.

Durante a audiência pública, a presidente da Associação de Familiares, Amigos e Portadores de Doenças Graves e Raras (AFAG), Maria Cecília Oliveira, denunciou a situação dramática dos portadores das duas doenças. Segundo ela, nos últimos 18 meses nem mesmo os pacientes que já tem liminares da Justiça obrigando a entrega de medicamentos conseguem recebê-los com regularidade.

“Isso provoca um atraso no tratamento, resultando em sequelas irreversíveis e que já levou dezenas de pacientes a óbito. Quanto à instituição do Dia Nacional de Conscientização para o HPN e o SHUa sabemos que não vai resolver o problema, mas é preciso conscientizar a população sobre a doença, visando um diagnóstico precoce e o início imediato do tratamento”, afirmou.

*Com informações do PT na Câmara

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247