Acadêmicos do Tucuruvi alfineta Doria em desfile sobre arte urbana

Com o enredo "Eu Sou a Arte: Meu Palco é a Rua", a escola de samba de São Paulo abordou grafite, trouxe mensagem sobre "limpeza" e nomeou a bateria de "Cinquenta Mil Tons de Cinza"

Com o enredo "Eu Sou a Arte: Meu Palco é a Rua", a escola de samba de São Paulo abordou grafite, trouxe mensagem sobre "limpeza" e nomeou a bateria de "Cinquenta Mil Tons de Cinza"
Com o enredo "Eu Sou a Arte: Meu Palco é a Rua", a escola de samba de São Paulo abordou grafite, trouxe mensagem sobre "limpeza" e nomeou a bateria de "Cinquenta Mil Tons de Cinza" (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SP 247 - O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), recebeu uma alfinetada durante o desfile da escola Acadêmicos do Tucuruvi, que levou a arte na rua como tema ao Anhembi.

Com o enredo "Eu Sou a Arte: Meu Palco é a Rua", a escola da zona norte da capital paulista abordou grafite, trouxe mensagem sobre "limpeza" e nomeou a bateria de "Cinquenta Mil Tons de Cinza".

Doria virou alvo de duras críticas de artistas nas últimas semanas por ter endurecido sua política contra pichadores e por ter mandado apagar grafites dos muros da cidade, que foram pintados de cinza pela Prefeitura.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247