Ação Cidadã leva serviços básicos ao interior do Estado

Programa da Secretaria da Mulher e Desenvolvimento Social vai priorizar regiões mais pobres isoladas e dar atenção à comunidade carente; serão oferecidos serviços essenciais como: registro civil de nascimento, assistência jurídica, carteira de identidade, carteira de trabalho, CPF, passaporte do Idoso, passe livre do deficiente, fotografia, corte de cabelo; “Queremos levar aos municípios mais distantes e à população em situação de vulnerabilidade social o acesso a serviços básicos”, diz a secretária Lêda Borges; três primeiros municípios a receber o programa serão Monte Alegre de Goiás, Cavalcante e Teresina, sendo os dois primeiros em maio e o último em junho

Programa da Secretaria da Mulher e Desenvolvimento Social vai priorizar regiões mais pobres isoladas e dar atenção à comunidade carente; serão oferecidos serviços essenciais como: registro civil de nascimento, assistência jurídica, carteira de identidade, carteira de trabalho, CPF, passaporte do Idoso, passe livre do deficiente, fotografia, corte de cabelo; “Queremos levar aos municípios mais distantes e à população em situação de vulnerabilidade social o acesso a serviços básicos”, diz a secretária Lêda Borges; três primeiros municípios a receber o programa serão Monte Alegre de Goiás, Cavalcante e Teresina, sendo os dois primeiros em maio e o último em junho
Programa da Secretaria da Mulher e Desenvolvimento Social vai priorizar regiões mais pobres isoladas e dar atenção à comunidade carente; serão oferecidos serviços essenciais como: registro civil de nascimento, assistência jurídica, carteira de identidade, carteira de trabalho, CPF, passaporte do Idoso, passe livre do deficiente, fotografia, corte de cabelo; “Queremos levar aos municípios mais distantes e à população em situação de vulnerabilidade social o acesso a serviços básicos”, diz a secretária Lêda Borges; três primeiros municípios a receber o programa serão Monte Alegre de Goiás, Cavalcante e Teresina, sendo os dois primeiros em maio e o último em junho (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - Ampliar o acesso da população aos direitos sociais básicos. Esse é o objetivo da Ação Cidadã que vai oferecer serviços em 15 municípios goianos de maio a dezembro deste ano. O projeto é iniciativa da Secretaria da Mulher, do Desenvolvimento Social, da Igualdade Racial, dos Direitos Humanos e do Trabalho (Secretaria Cidadã). Serão oferecidos serviços essenciais como: registro civil de nascimento, assistência jurídica, carteira de identidade, carteira de trabalho, CPF, passaporte do Idoso, passe livre do deficiente, fotografia, corte de cabelo, dentre outros.

“Queremos levar aos municípios mais distantes e à população em situação de vulnerabilidade social o acesso a serviços básicos, mas que são essenciais e fundamentais”, afirma a secretária Lêda Borges.

Os três primeiros municípios a receber o programa serão Monte Alegre de Goiás, Cavalcante e Teresina, sendo os dois primeiros em maio e o último em junho. Estima-se uma população de 6 mil quilombolas nessa região.

O projeto ficará por dois dias em cada cidade. A secretária Lêda Borges e a superintendente de Igualdade Racial da pasta, Marta Ivone, têm tido agenda intensa com os gestores locais a fim de mobilizar os quilombolas da região a participar da ação da Secretaria Cidadã. 

“Muitos não têm documentação básica, vamos oportunizar a emissão de certidão de nascimento, identidade, CPF. Sem a certidão não é possível emitir Carteira de Identidade, CPF e Carteira de Trabalho. E esses documentos possibilitam realizar matrícula na escola, cadastrar em programas sociais, abrir conta em banco, por exemplo”, explica Lêda.

Medicamentos gratuitos

A Indústria Química do Estado de Goiás (Iquego) fornecerá medicamentos à população que apresentar a receita médica. Serão oferecidos: amoxilina, captopril, dipirona, hidroclorotiazida, ibuprofeno, paracetamol, propanolol e ranitidina.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247