Ação do MPE prende secretário em São Valério

Ação do Ministério Público Estadual (MPE), em parceria com as Polícias Militar e Civil, realizada, resultou na prisão em flagrante do secretário municipal de Transportes e de mais dois servidores da prefeitura de São Valério, no Sul do Tocantins; os acusados foram pegos transportando eleitores que buscavam serviços eleitorais no cartório eleitoral da Comarca de Peixe; os três indiciados pagaram fiança e responderão ao processo em liberdade; no caso do secretário de transportes, a decisão que o colocou em liberdade também determina o seu afastamento do cargo público que ocupa atualmente

Ação do Ministério Público Estadual (MPE), em parceria com as Polícias Militar e Civil, realizada, resultou na prisão em flagrante do secretário municipal de Transportes e de mais dois servidores da prefeitura de São Valério, no Sul do Tocantins; os acusados foram pegos transportando eleitores que buscavam serviços eleitorais no cartório eleitoral da Comarca de Peixe; os três indiciados pagaram fiança e responderão ao processo em liberdade; no caso do secretário de transportes, a decisão que o colocou em liberdade também determina o seu afastamento do cargo público que ocupa atualmente
Ação do Ministério Público Estadual (MPE), em parceria com as Polícias Militar e Civil, realizada, resultou na prisão em flagrante do secretário municipal de Transportes e de mais dois servidores da prefeitura de São Valério, no Sul do Tocantins; os acusados foram pegos transportando eleitores que buscavam serviços eleitorais no cartório eleitoral da Comarca de Peixe; os três indiciados pagaram fiança e responderão ao processo em liberdade; no caso do secretário de transportes, a decisão que o colocou em liberdade também determina o seu afastamento do cargo público que ocupa atualmente (Foto: Leonardo Lucena)

Tocantins 247 - Uma ação do Ministério Público Estadual (MPE), em parceria com as Polícias Militar e Civil, realizada na última sexta-feira (11), resultou na prisão em flagrante do secretário municipal de Transportes e de mais dois servidores da prefeitura de São Valério.

Os acusados foram pegos transportando eleitores que buscavam serviços eleitorais no cartório eleitoral da Comarca de Peixe. Os três indiciados pagaram fiança e responderão ao processo em liberdade. No caso do secretário de transportes, a decisão que o colocou em liberdade também determina o seu afastamento do cargo público que ocupa atualmente.

Por volta das 16 horas, o Promotor de Justiça Mateus Ribeiro recebeu denúncia de que um veículo Gol, de cor prata, estaria transportando pessoas que buscavam serviços junto ao cartório eleitoral local. Para não levantar suspeitas, o carro foi parado a um quilômetro da cidade e as pessoas seguiram andando.

O veículo foi abordado e verificou-se que era dirigido por José Xavier dos Reis, motorista contratado pela Prefeitura, que transportava três pessoas que buscavam serviços eleitorais. Reis foi preso em flagrante. Ele e os ocupantes do carro foram levados à Delegacia da Polícia Civil.

Após apurar as informações, ficou constatado que Roberto Carlos Miranda Guimarães, secretário municipal de transporte, autorizou o deslocamento do veículo oficial da Prefeitura para realizar o serviço. Ele e o agente de saúde Djalma dos Santos Arantes, que também participou da ação, foram presos.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247