Aécio deixa dívida de R$ 15 milhões para o PSDB

Prestação de contas ao Tribunal Superior Eleitoral informa que o senador tucano arrecadou R$ 201 milhões e gastou R$ 216 milhões; valor das despesas fica abaixo do teto previsto para a candidatura, de R$ 290 mihões

Prestação de contas ao Tribunal Superior Eleitoral informa que o senador tucano arrecadou R$ 201 milhões e gastou R$ 216 milhões; valor das despesas fica abaixo do teto previsto para a candidatura, de R$ 290 mihões
Prestação de contas ao Tribunal Superior Eleitoral informa que o senador tucano arrecadou R$ 201 milhões e gastou R$ 216 milhões; valor das despesas fica abaixo do teto previsto para a candidatura, de R$ 290 mihões (Foto: Leonardo Attuch)

247 - Reportagem dos jornalistas Gustavo Uribe e Marina Dias, na Folha de S. Paulo (leia aqui), informa que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) irá deixar uma dívida de R$ 15 milhões para o PSDB.

Sua campanha arrecadou R$ 201 milhões e gastou R$ 216 milhões, valor abaixo do teto previsto de R$ 290 milhões para a corrida presidencial.

Estes dados serão apresentados pelo PSDB à Justiça Eleitoral nos próximos dias.

Marina Silva, por sua vez, declarou ter arrecadado e gasto cerca de R$ 62 milhões.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247