Aécio deixou PSDB “acéfalo” e preso a Temer, diz deputado tucano

Membro da chamada ala dos cabeças pretas' do PSDB, que defende a saída da base do governo Michel Temer, o deputado Daniel Coelho (PE) disse que a situação do presidente afastado do partido, senador Aécio Neves (MG) – que foi denunciado no âmbito da Lava Jato por pedir R$ 2 milhões - deixou o PSDB "acéfalo" e com dificuldades para votar a favor das investigações contra o peemedebista; "Há um prejuízo para a tomada dessa decisão no partido, que são as denúncias contra Aécio. Isso fez com que o partido ficasse acéfalo, sem presidente", disparou

Deputado federal Daniel Coelho (PSDB-PE)
Deputado federal Daniel Coelho (PSDB-PE) (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Pernambuco 247 - Membro da chamada ala dos cabeças pretas' do PSDB, que defende a saída da base do governo Michel Temer, o deputado Daniel Coelho (PE) disse que a situação do presidente afastado do partido, senador Aécio Neves (MG) – que foi denunciado no âmbito da Lava Jato por pedir R$ 2 milhões - deixou o PSDB "acéfalo" e com dificuldades para romper de vez com o governo e votar a favor das investigações contra o peemedebista. "Há um prejuízo para a tomada dessa decisão no partido, que são as denúncias contra Aécio. Isso fez com que o partido ficasse acéfalo, sem presidente", disparou.

Para Daniel Coelho, um bom exemplo desta falta de rumo do partido está na decisão da direção da legenda que orientou a bancada a votar pela admissibilidade da denúncia contra Temer, mas liberou os parlamentares para votar como desejarem. O PSDB possui quatro ministros no governo e tem na figura de Aécio Neves um dos principais fiadores do apoio tucano a Michel Temer.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247