Aécio fala em sair do governo pela porta da frente

O senador Aécio Neves (PSDB-MG), que liderou o golpe de 2016, e recentemente golpeou seu próprio partido, ao destituir o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), diz que o PSDB sairá do governo Temer pela porta da frente; identificados com o golpe, com a corrupção e com a destruição dos direitos sociais, Aécio e Temer são os dois políticos mais rejeitados do Brasil, com avaliações negativas de 93% e 95%, segundo o instituto Ipsos

Michel Temer Aécio Neves
Michel Temer Aécio Neves (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 – O senador Aécio Neves (PSDB-MG), que liderou o golpe de 2016, e recentemente golpeou seu próprio partido, ao destituir o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), diz que o PSDB sairá do governo Temer pela porta da frente.

Identificados com o golpe, com a corrupção e com a destruição dos direitos sociais, Aécio e Temer são os dois políticos mais rejeitados do Brasil, com avaliações negativas de 93% e 95%, segundo o instituto Ipsos.

Abaixo, as declarações de Aécio:

"Vejo também uma falsa discussão nesse momento como se a questão central para o PSDB fosse sai ou não sai do governo, sai amanhã ou sai depois de amanhã do governo. Essa é uma falsa questão que só serve, na verdade, a interesses de uma eleição interna [para presidente do partido]", disse Aécio.

"Há um convencimento de todos nós que está chegando o momento de realmente da saída. E quero aqui sugerir, [...] aos dois candidatos colocados, o governador Marconi Perillo e o senador Tasso Jereissati, que convoquem os ministros do PSDB para uma reunião e definam com eles, de forma clara, o momento desta saída. Vamos sair pela porta da frente. Da mesma forma que entramos", pediu o senador.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247