Água racionada no Grande Recife

O racionamento, realizado por conta de um remanejamento no Sistema Tapacurá, afeta 66 bairros recifenses, além dos municípios de Jaboatão, Camaragibe e São Lourenço da Mata

Água racionada no Grande Recife
Água racionada no Grande Recife (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Leonardo Lucena_PE247 – Com vistas para a Copa do Mundo 2014, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) realiza um remanejamento no Sistema Tapacurá, para viabilizar uma rede distribuidora de água na Arena Pernambuco. A empresa está investindo R$ 19,5 milhões em infraestrutura de água e esgoto no estádio. Serão afetados 66 bairros da Capital. No município de Jaboatão dos Guararapes e de Camaragibe, Zona Sul e Oeste do Grande Recife, respectivamente, além da cidade de São Lourenço da Mata, onde este sendo erguido o palco da Copa, também no oeste da Região Metropolitana do Recife (RMR). Ao todo, cerca de 1,5 milhão de pessoas serão afetadas na RMR.  

Ao todo, 66 bairros os recifenses ficarão sem água a partir de hoje (10) até ás 15h do dia 15, num rodízio 20h sem água, 28h com água. Já a cidade de São Lourenço da Mata terá rodízio de um dia com água, outro dia sem. Em Camaragibe, também no oeste da RMR, o rodízio será de 24h com água, 24h sem, exceto 12 bairros que ficarão sem água durante a paralisação. Em Jaboatão 13 bairros não terão suprimento de água.

As obras que terão início hoje serão feitas, especificamente, numa adutora (canal de tubulação que liga a captação de água ao tratamento de água) de 320 metros e com 27 quilômetros. Tal operação começou em março deste ano e será finalizada no mês de agosto.

“Todo o processo vai durar 124 horas. Para executarmos as intervenções precisamos de um período para esvaziar a adutora, encher os reservatórios e a tubulação e, depois, restabelecer o fornecimento de água. Além disso, trata-se de uma adutora longa e antiga, por isso, aproveitaremos as obras para fazer serviços de manutenção preventiva”, afirmou o diretor Regional Metropolitano, Rômulo Aurélio Souza.

A companhia também está investindo R$ 1,5 milhão para uma rede distribuidora exclusiva para a Arena, cujo trabalho se iniciou em junho e terá a primeira etapa concluída em agosto. Outra obra, que começará em agosto e tem previsão de término para novembro, é a implantação de um sistema de esgotamento sanitário no valor de R$ 2 milhões.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247