Alguns russos poderão competir na Paralimpíada de Pyeongchang como neutros, diz comitê

Os organizadores da Paralimpíada disseram que permitirão que alguns russos compitam na Paralimpíada de Pyeongchang de março como neutros, mas mantiveram a proibição que impede que Moscou envie uma seleção nacional; a Rússia vem sendo barrada de todas as competições paralímpicas desde agosto de 2016 devido a alegações de doping com patrocínio estatal, que também levaram à suspensão da federação de atletismo do país e de sua agência antidoping

Os organizadores da Paralimpíada disseram que permitirão que alguns russos compitam na Paralimpíada de Pyeongchang de março como neutros, mas mantiveram a proibição que impede que Moscou envie uma seleção nacional; a Rússia vem sendo barrada de todas as competições paralímpicas desde agosto de 2016 devido a alegações de doping com patrocínio estatal, que também levaram à suspensão da federação de atletismo do país e de sua agência antidoping
Os organizadores da Paralimpíada disseram que permitirão que alguns russos compitam na Paralimpíada de Pyeongchang de março como neutros, mas mantiveram a proibição que impede que Moscou envie uma seleção nacional; a Rússia vem sendo barrada de todas as competições paralímpicas desde agosto de 2016 devido a alegações de doping com patrocínio estatal, que também levaram à suspensão da federação de atletismo do país e de sua agência antidoping (Foto: Leonardo Lucena)

MOSCOU (Reuters) - Os organizadores da Paralimpíada disseram nesta segunda-feira que permitirão que alguns russos compitam na Paralimpíada de Pyeongchang de março como neutros, mas mantiveram a proibição que impede que Moscou envie uma seleção nacional.

A Rússia vem sendo barrada de todas as competições paralímpicas desde agosto de 2016 devido a alegações de doping com patrocínio estatal, que também levaram à suspensão da federação de atletismo do país e de sua agência antidoping.

O Comitê Paralímpico Internacional (CPI) informou que permitirá que atletas russos que cumpram “condições severas” compitam em cinco esportes como neutros, um reconhecimento dos esforços russos para reformular sua operação antidoping.

“Embora o Comitê Paralímpico Russo continue suspenso, eles fizeram um progresso significativo, e temos que reconhecer isso”, disse o presidente do CPI, Andrew Parsons, em um comunicado.

“Os paratletas russos agora são examinados frequentemente e estão entre os paratletas mais vigiados do mundo”, acrescentou.

As autoridades russas não reagiram de imediato ao anúncio.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247