Almeida diz que 13 partidos vão apoiá-lo

O deputado federal Cícero Almeida anunciou que assina a ficha de filiação ao PMDB até quinta-feira (17) e que pelo menos 13 partidos estarão fechados com a provável aliança a ser construída em torno da sua candidatura à Prefeitura de Maceió; ele disse, ainda, que a conversa que selou a composição aconteceu ontem, (14), no Palácio República dos Palmares, com o próprio governador Renan Filho (PMDB), com o aval do senador Renan Calheiros, presidente estadual do PMDB

O deputado federal Cícero Almeida anunciou que assina a ficha de filiação ao PMDB até quinta-feira (17) e que pelo menos 13 partidos estarão fechados com a provável aliança a ser construída em torno da sua candidatura à Prefeitura de Maceió; ele disse, ainda, que a conversa que selou a composição aconteceu ontem, (14), no Palácio República dos Palmares, com o próprio governador Renan Filho (PMDB), com o aval do senador Renan Calheiros, presidente estadual do PMDB
O deputado federal Cícero Almeida anunciou que assina a ficha de filiação ao PMDB até quinta-feira (17) e que pelo menos 13 partidos estarão fechados com a provável aliança a ser construída em torno da sua candidatura à Prefeitura de Maceió; ele disse, ainda, que a conversa que selou a composição aconteceu ontem, (14), no Palácio República dos Palmares, com o próprio governador Renan Filho (PMDB), com o aval do senador Renan Calheiros, presidente estadual do PMDB (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - O deputado federal Cícero Almeida confirmou, durante longa entrevista ao programa Ministério do Povo, da Rádio Gazeta AM, na manhã desta terça-feira (15), que assina a ficha de filiação ao PMDB até esta quinta e revelou que pelo menos 13 partidos estarão fechados com a provável aliança a ser construída em torno da candidatura dele à Prefeitura de Maceió. Almeida adiantou que tem o nome do atual secretário estadual de Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mozart Amaral, como seu preferido para fechar a chapa na vice-prefeitura.

Segundo ele, a conversa que selou a composição aconteceu nessa segunda-feira (14), no Palácio República dos Palmares, com o próprio governador Renan Filho, com o aval do senador Renan Calheiros, presidente estadual do PMDB. O próximo passo será, justamente, a filiação de Almeida à legenda. 

"Foi uma decisão muito bem pensada, planejada e conversada com o senador Renan Calheiros e com o governador Renan Filho. Analisei cautelosamente o convite feito pelos dois para firmar a parceria e filiação ao PMDB. Tivemos uma conversa na semana passada e recebi ontem, com grata satisfação, o pedido para ser recebido por Renan Filho. O clima foi de verdadeira festa e selamos o compromisso de trabalhar ainda mais por Maceió", detalhou Almeida.

Ele garantiu que a cúpula do partido ao qual está se filiando estaria empolgada com o reforço e a possibilidade de concorrer ao pleito municipal com reais chances de sair vitoriosa. "Mas, a minha decisão de ir para o PMDB atende a uma convocação popular, da sociedade como um todo, dos servidores públicos, dos moradores da periferia que torcem para ver a nossa cidade sorrindo e melhorando", avisa.

Chapão

Sobre a composição com outros partidos, o ex-prefeito disse acreditar que outras 13 siglas estarão juntas nesta chapa, mas somente revelou o PSD, que já demonstrou proximidade com o PMDB e deve referendá-la em Maceió este ano. "Hoje, ninguém pode dizer que o Cícero Almeida não tem um grupo político. Estou ingressando no PMDB, que tem uma aliança e proximidade com outras legendas e que devem, ao tempo certo, anunciar o apoio à nossa candidatura", acredita.

Almeida adiantou que vai fazer uma campanha respeitosa até o limite do adversário principal (no caso Rui Palmeira) e confirmou que tem munições para disparar caso seja provocado. "Queremos debater de forma democrática e, caso seja desrespeitado, tenho artilharia para atacar", revela.

Ainda sobre o cargo de vice-prefeito, Almeida disse que sonha em compor com Mozart Amaral, que foi seu secretário de Infraestrutura. No entanto, ele informou que a decisão para uma provável chapa puro sangue será tomada pelo senador Renan Calheiros e pelo governador Renan Filho. E citou outros nomes do partido, como o vereador Kelmann Vieira e o ex-vice-governador José Wanderley.

Com gazetaweb.com

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247