Amastha manda recado a Marcelo: “não pode retornar”

O prefeito de Palmas e pré-candidato a governador, Carlos Amastha (PSB), se reuniu com 15 dos 17 vereadores de Araguaína e, ao comentar sobre as eleições de 2018, lembrou que o estado só teve praticamente três governadores em quase 30 anos de história; Amastha afirmou aos vereadores que, ao longo de três décadas, depois de Moisés Avelino (PMDB), Marcelo Miranda (PMDB) vêm se revezando no poder. “É hora de mudar”, acrescentou

O prefeito de Palmas e pré-candidato a governador, Carlos Amastha (PSB), se reuniu com 15 dos 17 vereadores de Araguaína e, ao comentar sobre as eleições de 2018, lembrou que o estado só teve praticamente três governadores em quase 30 anos de história; Amastha afirmou aos vereadores que, ao longo de três décadas, depois de Moisés Avelino (PMDB), Marcelo Miranda (PMDB) vêm se revezando no poder. “É hora de mudar”, acrescentou
O prefeito de Palmas e pré-candidato a governador, Carlos Amastha (PSB), se reuniu com 15 dos 17 vereadores de Araguaína e, ao comentar sobre as eleições de 2018, lembrou que o estado só teve praticamente três governadores em quase 30 anos de história; Amastha afirmou aos vereadores que, ao longo de três décadas, depois de Moisés Avelino (PMDB), Marcelo Miranda (PMDB) vêm se revezando no poder. “É hora de mudar”, acrescentou (Foto: Leonardo Lucena)

Tocantins 247 - O prefeito de Palmas e pré-candidato a governador, Carlos Amastha (PSB), se reuniu no sábado (23) com 15 dos 17 vereadores de Araguaína e, ao comentar sobre as eleições de 2018, lembrou que o estado só teve praticamente três governadores em quase 30 anos de história. 

Amastha afirmou aos vereadores que, ao longo de três décadas, depois de Moisés Avelino (PMDB), Marcelo Miranda (PMDB) vêm se revezando no poder. “É hora de mudar”, acrescentou.

O prefeito criticou o governo Marcelo Miranda e disse que o governador “não pode retornar” ao comando do Estado a partir de 2019. “O governador fala em dificuldades, mas está no seu terceiro mandato. Vejam que não há crise em Palmas e Araguaína”, criticou, ao dizer que o problema do Estado é de gestão.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247