Ângelo Coronel é o novo presidente da Assembleia Legislativa da Bahia

O deputado estadual Ângelo Coronel (PSD) foi eleito presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) na noite de ontem (1º) com 57 votos entre os 63 parlamentares; quatro deputados votaram nulo, um em branco e houve uma abstenção, de Paulo Câmera (PDT), que está em tratamento médico; Coronel foi candidato em chapa única; o novo presidente do Legislativo estadual agradeceu "a cada um dos apoiadores, em especial ao senador Otto Alencar", presidente do PSD na Bahia, "líder, amigo e compadre". Coronel se comprometeu a "trabalhar por um parlamento unido, respeitado e independente"

O deputado estadual Ângelo Coronel (PSD) foi eleito presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) na noite de ontem (1º) com 57 votos entre os 63 parlamentares; quatro deputados votaram nulo, um em branco e houve uma abstenção, de Paulo Câmera (PDT), que está em tratamento médico; Coronel foi candidato em chapa única; o novo presidente do Legislativo estadual agradeceu "a cada um dos apoiadores, em especial ao senador Otto Alencar", presidente do PSD na Bahia, "líder, amigo e compadre". Coronel se comprometeu a "trabalhar por um parlamento unido, respeitado e independente"
O deputado estadual Ângelo Coronel (PSD) foi eleito presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) na noite de ontem (1º) com 57 votos entre os 63 parlamentares; quatro deputados votaram nulo, um em branco e houve uma abstenção, de Paulo Câmera (PDT), que está em tratamento médico; Coronel foi candidato em chapa única; o novo presidente do Legislativo estadual agradeceu "a cada um dos apoiadores, em especial ao senador Otto Alencar", presidente do PSD na Bahia, "líder, amigo e compadre". Coronel se comprometeu a "trabalhar por um parlamento unido, respeitado e independente" (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - O deputado estadual Ângelo Coronel (PSD) foi eleito presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) na noite desta quarta-feira (1º) com 57 votos entre os 63 parlamentares. Quatro deputados votaram nulo, um em branco e houve uma abstenção, de Paulo Câmera (PDT), que está em tratamento médico. A votação foi simbólica, porque Coronel foi candidato em chapa única.

No discurso de posse, o novo presidente do Legislativo estadual agradeceu "a cada um dos apoiadores, em especial ao senador Otto Alencar", presidente do PSD na Bahia, "líder, amigo e compadre". Coronel se comprometeu a "trabalhar por um parlamento unido, respeitado e independente".

Ângelo Coronel parabenizou o antecessor na presidência, deputado Marcelo Nilo (PSL), e agradeceu também o apoio do prefeito ACM Neto (DEM), do vice-governador João Leão (PP), e a "postura de magistrado do governador Rui Costa (PT) e de Jaques Wagner", secretário de Planejamento Econômico do Estado.

O novo presidente da ALBA prometeu "não decepcionar" seus apoiadores e "tornar esta uma Casa de iguais".

A nova Mesa Diretora da Assembleia é composta, além de Coronel, da primeira até a quarta vice pelos deputados Luís Augusto (PP) – que desistiu de lutar pela presidência para apoiá-lo –, Carlos Geílson (PSDB), Alex Lima (PTN) e Manassés (PSL).

A primeira secretaria foi para Sandro Régis (DEM), a segunda para Aderbal Caldas (PP), a terceira com Fabrício Falcão (PC do B) e a quarta com Luciano Simões Filho (PMDB).

As cinco suplências ficaram com os deputados Augusto Castro (PSDB), Heber Santana (PSC), Carlos Ubaldino e Ivana Bastos do PSD, e Fabíola Mansur (PSB). Estas duas inscritas após reclamação de Fabíola, pois não havia mulher na chapa original. Os deputados Antônio Henrique (PP) e Alan Castro (PSL) cederam suas vagas.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247