Após caso Neymar, presidente da Federação Francesa diz que “racismo no futebol não existe”

Le Graët participou do programa BFM Business, da emissora BFM TV, nesta terça-feira e foi convidado a falar sobre o assunto do momento, a acusação de Neymar contra um jogador do Olympique de Marseille

Le Graët
Le Graët (Foto: Charles Platiau/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

DCO - Em entrevista a rádio RMC nesta terça-feira (15) o presidente da Federação Francesa de Futebol (FFF), Noël Le Graët, disse que não ouviu que Alvaro disse para o Neymar na partida entre Paris Saint-Germain e o Olympique de Marselha. E acrescentou que “os jogadores não conseguiram manter a calma e dar o show que esperavam.”

“Em um jogo, pode haver problemas. Mas temos menos de 1% de dificuldade hoje. Quando um negro marca um gol, todo o estádio aplaude. O fenômeno do racismo no esporte, e no futebol em particular, não existe ou quase não existe”, disse Noël Le Graët.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email