Ataídes promete resolver problema da seca no Sudeste

Candidato a governador da coligação "Reage Tocantins", Ataídes Oliveira, cumpriu agenda de campanha em dez municípios da região Sudeste nos últimos dias; Ataídes criticou o governo atual e as gestões anteriores por não terem tomado ações efetivas contra os efeitos da estiagem que todo ano atinge a região; o candidato sugeriu sistemas de captação da águas dos rios que cortam a região, como o Palmas e o Paranã; "Esses rios estão presentes em todo o sudeste, o que precisamos é levar a água desses rios até as propriedades rurais, que hoje sofrem com a estiagem", afirmou

Candidato a governador da coligação "Reage Tocantins", Ataídes Oliveira, cumpriu agenda de campanha em dez municípios da região Sudeste nos últimos dias; Ataídes criticou o governo atual e as gestões anteriores por não terem tomado ações efetivas contra os efeitos da estiagem que todo ano atinge a região; o candidato sugeriu sistemas de captação da águas dos rios que cortam a região, como o Palmas e o Paranã; "Esses rios estão presentes em todo o sudeste, o que precisamos é levar a água desses rios até as propriedades rurais, que hoje sofrem com a estiagem", afirmou
Candidato a governador da coligação "Reage Tocantins", Ataídes Oliveira, cumpriu agenda de campanha em dez municípios da região Sudeste nos últimos dias; Ataídes criticou o governo atual e as gestões anteriores por não terem tomado ações efetivas contra os efeitos da estiagem que todo ano atinge a região; o candidato sugeriu sistemas de captação da águas dos rios que cortam a região, como o Palmas e o Paranã; "Esses rios estão presentes em todo o sudeste, o que precisamos é levar a água desses rios até as propriedades rurais, que hoje sofrem com a estiagem", afirmou (Foto: Aquiles Lins)

Tocantins 247 - Após visitar 10 municípios da região sudeste, o senador Ataídes Oliveira, candidato ao governo do estado da coligação "Reage Tocantins", prometeu tomar ações efetivas contras os efeitos da estiagem na região Sudeste do Tocantins. "Problema da seca nesta região do Tocantins é promovida pela falta de vontade política e competência dos governantes, porque dinheiro para resolver os problemas houve." Ataídes lembrou que o problema da seca daquela localidade é uma demanda antiga, que foi não foi solucionada pela atual gestão e nem pelas anteriores.

Em visita a Arraias, na manhã desse sábado, 6, acompanhado da candidata à vice-governadora, Cinthia Ribeiro, Ataídes realizou caminhada e conversou com a população sobre diversos problemas da região. Na ocasião, o candidato a governador apresentou suas propostas para as áreas fundamentais, mas principalmente para solucionar o problema da falta de água, que atinge vários municípios da região.

"Nós sabemos que aqui temos um período de seca que prejudica muito o nosso povo. Foram feitas cisternas, gastaram mais de R$ 70 milhões, com muito superfaturamento, mas até hoje elas não foram instaladas. O que fizeram com essa região do Tocantins é irresponsabilidade", afirmou o candidato.

De acordo com Joana Braga, moradora da zona rural de Arraias, o problema da seca é o mais grave. "Muitas vezes ficamos sem água para beber, dependendo de carro pipa, que demora muito a chegar", contou. Para Maria Gorete, também moradora da zona rural do município, "o problema da seca nunca foi prioridade, do contrários os governos anteriores já tinham resolvido".

Propostas
De acordo com o candidato a governador da coligação "Reage Tocantins", Ataídes Oliveira, é possível resolver o problema da seca no sudeste do Estado, já que existem rios na região que nunca secam. "Esses rios estão presentes em todo o sudeste, o que precisamos é levar a água desses rios até as propriedades rurais, que hoje sofrem com a estiagem", afirmou.

Ataídes Oliveira destacou que seu governo buscará parcerias junto ao Ministério da Integração Nacional, que tem recursos para combater a seca, através do programa Água para Todos. "Nós precisamos é fazer irrigações, canais e poços artesianos. E uma coisa é certa: vamos acabar com esse problema da seca no Tocantins", assegurou.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247