‘Até a liberal revista The Economist admite que Lula é preso político’

O deputado estadual Rogério Correia (PT) repercutiu a reportagem de revista inglesa The Economist, que afirma haver "o risco de os brasileiros considerarem a eleição ilegítima se Lula não puder concorrer"; segundo o parlamentar, "a cada dia que passa, mais pessoas, não apenas no Brasil mas em todo o mundo, percebem que Lula é um preso político"

‘Até a liberal revista The Economist admite que Lula é preso político’
‘Até a liberal revista The Economist admite que Lula é preso político’ (Foto: Willian Dias)

Minas 247 - O deputado estadual Rogério Correia (PT) repercutiu a reportagem de revista inglesa The Economist, que afirma haver "o risco de os brasileiros considerarem a eleição ilegítima se Lula não puder concorrer".

Segundo o parlamentar, "a cada dia que passa, mais pessoas, não apenas no Brasil mas em todo o mundo, percebem que Lula é um preso político". "Como já dissemos: a decisão de manter a candidatura à presidência é, antes de tudo, um ato político muito acertado, pois deixa a turma do golpe em péssima situação. Imagine quando a campanha começar... O Lula livre vai tomar conta do Brasil!", disse Correia no Facebook.

A revista comenta sobre o governo Lula. "Quando Luiz Inácio Lula da Silva terminou seu mandato de presidente do Brasil em 2011, seu índice de aprovação era de 83%. Seus programas sociais e um boom de commodities ajudaram a tirar 30 milhões de pessoas da pobreza. Ele espera concorrer à presidência mais uma vez em uma eleição em outubro e lidera as pesquisas por uma enorme margem", disse. E acrescenta: "o caos nos tribunais reforça as preocupações de que o Judiciário se tornou apenas um fórum de política partidária".

Leia a íntegra da reportagem

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247