Bahia fechou 36 postos de trabalho em outubro

De acordo com as informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), a Bahia fechou 36 postos de trabalho com carteira assinada em outubro de 2017; após eliminação líquida de 10.409 e de 5.601 postos de trabalho no mês de outubro dos anos imediatamente anteriores, a Bahia ainda exibe registro negativo, mas com redução da intensidade da perda; em relação à geração líquida de postos de trabalho, a Bahia (-36 postos) ocupou a nona posição dentre os estados nordestinos e a vigésima terceira no Brasil em outubro de 2017

Desemprego fica em 7,6% em janeiro
Desemprego fica em 7,6% em janeiro (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - De acordo com as informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), a Bahia fechou 36 postos de trabalho com carteira assinada em outubro de 2017. O resultado negativo decorre da diferença entre 42.168 admissões e 42.204 desligamentos.

Após eliminação líquida de 10.409 e de 5.601 postos de trabalho no mês de outubro dos anos imediatamente anteriores, a Bahia ainda exibe registro negativo, mas com redução da intensidade da perda. O saldo de outubro de 2017 se apresentou num patamar inferior ao de setembro, que foi de 2.297 postos de trabalho, sem as declarações fora do prazo.

Setorialmente, em outubro, quatro segmentos contabilizaram saldos negativos: Construção Civil (-1.239 postos), Agropecuária (-596 postos), Administração Pública (-272 postos) e Indústria de Transformação (-44 postos). Em contrapartida, Comércio (+1.105 postos), Serviços (+779 postos), Serviços Industriais de Utilidade Pública (+226 postos) e Extrativa Mineral (+5 postos) admitiram trabalhadores celetistas.

Análise regional

Em relação à geração líquida de postos de trabalho, a Bahia (-36 postos) ocupou a nona posição dentre os estados nordestinos e a vigésima terceira no Brasil em outubro de 2017. Na Região Nordeste, a Bahia (-36 postos) foi o único estado que apresentou saldo negativo. Entre os oito estados que apresentaram desempenho positivo, destaca-se Alagoas (+16.393 postos), seguido por Pernambuco (+8.718 postos), Sergipe (+5.491 postos), Ceará (+2.918 postos), Piauí (+1.614 postos), Maranhão (+932 postos), Paraíba (+914 postos) e Rio Grande do Norte (+857 postos).

Analisando os dados referentes aos saldos de empregos distribuídos no estado, em outubro de 2017, constata-se que o resultado do emprego foi positivo na RMS e negativo no interior. De forma mais precisa, na Região Metropolitana de Salvador foram criados 844 postos de trabalho e no interior, foram fechadas 880 posições celetistas.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247