Base de ACM pode ficar ainda maior na Câmara

Com um time que já conta com aproximadamente 25 vereadores, o prefeito ACM Neto deve ganhar reforço de mais quatro parlamentares em sua base na Câmara Municipal; reportagem do jornal Tribuna da Bahia apurou que Atanázio Júlio (PTN), Euvaldo Jorge (PP), Isnard Araújo (PR) e Paulo Magalhães Jr. (PSC) estão de malas prontas para deixar seus atuais partidos e embarcar em legendas que compõem a aliança que elegeu ACM Neto em 2012; os prováveis destinos dos vereadores são DEM (deve ficar com mais dois), PPS e PRB

Com um time que já conta com aproximadamente 25 vereadores, o prefeito ACM Neto deve ganhar reforço de mais quatro parlamentares em sua base na Câmara Municipal; reportagem do jornal Tribuna da Bahia apurou que Atanázio Júlio (PTN), Euvaldo Jorge (PP), Isnard Araújo (PR) e Paulo Magalhães Jr. (PSC) estão de malas prontas para deixar seus atuais partidos e embarcar em legendas que compõem a aliança que elegeu ACM Neto em 2012; os prováveis destinos dos vereadores são DEM (deve ficar com mais dois), PPS e PRB
Com um time que já conta com aproximadamente 25 vereadores, o prefeito ACM Neto deve ganhar reforço de mais quatro parlamentares em sua base na Câmara Municipal; reportagem do jornal Tribuna da Bahia apurou que Atanázio Júlio (PTN), Euvaldo Jorge (PP), Isnard Araújo (PR) e Paulo Magalhães Jr. (PSC) estão de malas prontas para deixar seus atuais partidos e embarcar em legendas que compõem a aliança que elegeu ACM Neto em 2012; os prováveis destinos dos vereadores são DEM (deve ficar com mais dois), PPS e PRB (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Os vereadores Atanázio Júlio (PTN), que herdou a cadeira de Tiago Correia, atual presidente da Limpurb; e o agora ex-presidente  municipal do PP, Euvaldo Jorge, estão na lista dos que planejam deixar os seus partidos de oposição para migrar para a base do prefeito ACM Neto (DEM) na Câmara Municipal.

Embora o pilar de apoio entre os dois seja o mesmo, agremiações diferentes aparecem em suas miras. Para Atanázio Júlio, o DEM deve ser o destino final. No caso de Euvaldo Jorge, o PPS, partido do líder do governo na Casa, vereador Joceval Rodrigues, é o cobiçado. Segundo o progressista, as conversas estão adiantadas para o acerto.

Também se especula que o vereador Paulo Magalhães Júnior, primo de ACM Neto, planeja se despedir do PSC e embarcar no PV. Ele admitiu a possibilidade de ir para o Partido Verde. "Esse é um dos caminhos possíveis. Eu tenho conversado com vários partidos, e elas (conversas) caminham bem com todos. Já tive reuniões com o PDT, PV e PPS", disse ele à Tribuna.

Outro que está nessa lista é o vereador Isnard Araújo, que deixou clara a sua insatisfação com o PR ao optar por integrar, junto com alguns colegas, uma bancada independente na Câmara. No entanto, quando questionado sobre seu futuro, que se especula girar em torno de PRB e DEM, ele confirma apenas a mudança de bancada, já que as duas siglas em sua mira pertencem à base de apoio ao executivo municipal. Segundo ele, só resta escolher e assinar os papéis,

"Ainda indefinido. As conversas estão avançando, falta apenas decidir. Os dois partidos têm propostas interessantes, diria que há 50% de chances para cada", explicou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247