Bertulino: João arrecada R$ 1,5 mi para iluminação, mas Aracaju fica no escuro

O vereador Bertulino Menezes (PSB) cobrou ontem o cumprimento da promessa de campanha do prefeito João Alves Filho (DEM) de melhorar a iluminação pública de Aracaju; ele destacou que a administração municipal arrecada mensalmente R$ 1,5 milhão com a taxa de iluminação, mas “negligencia” na realização do serviço; “Durante a campanha eleitoral de 2012, João se apresentou como solução, alegando que a falta de iluminação pública aumentava a violência nos bairros da periferia”, lembrou o parlamentar; “O prefeito João Alves lançou um projeto moderno de iluminação a LED, mas priorizou a classe média alta em detrimento da periferia, que sofre mais com a insegurança ampliada pela falta de iluminação pública”, reforçou

O vereador Bertulino Menezes (PSB) cobrou ontem o cumprimento da promessa de campanha do prefeito João Alves Filho (DEM) de melhorar a iluminação pública de Aracaju; ele destacou que a administração municipal arrecada mensalmente R$ 1,5 milhão com a taxa de iluminação, mas “negligencia” na realização do serviço; “Durante a campanha eleitoral de 2012, João se apresentou como solução, alegando que a falta de iluminação pública aumentava a violência nos bairros da periferia”, lembrou o parlamentar; “O prefeito João Alves lançou um projeto moderno de iluminação a LED, mas priorizou a classe média alta em detrimento da periferia, que sofre mais com a insegurança ampliada pela falta de iluminação pública”, reforçou
O vereador Bertulino Menezes (PSB) cobrou ontem o cumprimento da promessa de campanha do prefeito João Alves Filho (DEM) de melhorar a iluminação pública de Aracaju; ele destacou que a administração municipal arrecada mensalmente R$ 1,5 milhão com a taxa de iluminação, mas “negligencia” na realização do serviço; “Durante a campanha eleitoral de 2012, João se apresentou como solução, alegando que a falta de iluminação pública aumentava a violência nos bairros da periferia”, lembrou o parlamentar; “O prefeito João Alves lançou um projeto moderno de iluminação a LED, mas priorizou a classe média alta em detrimento da periferia, que sofre mais com a insegurança ampliada pela falta de iluminação pública”, reforçou (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sergipe 247 - O vereador Bertulino Menezes (PSB) cobrou ontem o cumprimento da promessa de campanha do prefeito João Alves Filho (DEM) de melhorar a iluminação pública de Aracaju. Ele destacou que a administração municipal arrecada mensalmente R$ 1,5 milhão com a taxa de iluminação, mas “negligencia” na realização do serviço.

“Durante a campanha eleitoral de 2012, João se apresentou como solução, alegando que a falta de iluminação pública aumentava a violência nos bairros da periferia”, lembrou o parlamentar. “O prefeito João Alves lançou um projeto moderno de iluminação a LED, mas priorizou a classe média alta em detrimento da periferia, que sofre mais com a insegurança ampliada pela falta de iluminação pública”, reforçou.

Bertulino ponderou que “a classe média alta merece todo respeito da administração, mas a população da periferia está sofrendo muito com o aumento do número de assaltos nos bairros mais distantes do Centro”. Como exemplo, ele citou os bairros da Zona Norte, que sofrem com a falta de manutenção e simples reposição de lâmpadas nos postes.

Em discurso na Câmara, o vereador exibiu uma reportagem de um telejornal local, mostrando que a falta de reposição das lâmpadas torna intransitáveis as ruas do bairro Lamarão durante o período noturno. Na reportagem, os moradores da Zona Norte se dizem ignorados pela prefeitura, que chegou a investir mais de R$ 1,6 milhão em apenas na avenida Beira Mar.

O parlamentar disse que a prefeitura deve tratar todos os bairros da capital de maneira igual. Por isso, ele pediu que a administração melhore a iluminação nos bairros mais pobres.

Campanha

Na campanha eleitoral de 2012, o então candidato João Alves Filho prometeu melhorar a iluminação dos bairros mais periféricos da capital, como uma medida para conter a criminalidade.

“Nos bairros mais pobres, a escuridão facilita a ação dos marginais. Mas nós vamos acabar com isso. Iluminaremos as ruas da periferia, inclusive usando câmeras de longo alcance nos bairros com maior índice de criminalidade. Aracaju não pode continuar iluminada somente nos bairros ricos”, prometeu ele à época.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email