Bolsonaristas se revoltam com camarão no MTST e esquerda rebate: ‘não existe só o camarão superfaturado do Coco Bambu’

Guilherme Boulos respondeu: "Direitistas raivosos com a foto do Wagner Moura comendo acarajé no prato na ocupação do MTST mostra que o bolsonarismo vibra com a fome e, acima de tudo, desconhece a cultura brasileira"

www.brasil247.com - Wagner Moura come acarajé em ocupação do MTST
Wagner Moura come acarajé em ocupação do MTST (Foto: MTST)


247 - A extrema direita neoliberal se revoltou com uma foto nas redes sociais do ator Wagner Moura comendo camarão numa ocupação do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto) e tentou apontar uma suposta contradição, por se tratar de um alimento caro. 

“Quentinha do Coco Bambu?” foi a pergunta mais repetida na repercussão da imagem, compartilhada inicialmente pelo líder do MTST, Guilherme Boulos. O momento foi registrado na última quinta-feira (11) durante exibição do filme Marighella na ocupação Carolina Maria de Jesus, na zona leste de São Paulo. 

A refeição do dia no evento da ocupação era acarajé. A reação às provocações foi ainda maior: “Gado que está acostumado a pagar 300 conto em camarão meia boca do Coco Bambu, puto com a quentinha do Wagner Moura kkkkkkkkkkkkkkk”, respondeu um internauta. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Avisar pro tuiteiro de direita que não foi o Coco Bambu quem inventou o camarão. Aqui em Recife a gente só não come camarão todo dia pq enjoa”, disse outro. “Os liberalzinho puto com o camarão no prato porque acha que só existe no coco bambu por 150 conto”, reagiu ainda um terceiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Guilherme Boulos também reagiu, compartilhando uma reportagem de 2018 - "Exército faz licitação para comprar 2 toneladas de camarão, caviar e espumante" - com o comentário: "E a indignação do Dudu Bananinha e dos bolsominions é o Wagner Moura comendo acarajé no prato na ocupação do MTST...".

Em outro tuíte, escreveu: "Direitistas raivosos com a foto do Wagner Moura comendo acarajé no prato na ocupação do MTST mostra que o bolsonarismo vibra com a fome e, acima de tudo, desconhece a cultura brasileira."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Confira abaixo alguns tuítes sobre o tema:


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

 

 

 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email