Bombeiros de Minas treinam militares cariocas

Primeiro Curso de Operações de Salvamento em Desastres é composto por aulas de conhecimento teórico e atividades práticas

Bombeiros de Minas treinam militares cariocas
Bombeiros de Minas treinam militares cariocas
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Minas - O investimento do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) em treinamentos na área de salvamento em desastres ultrapassa as fronteiras do Estado. Pela primeira vez, a corporação mineira atua como instrutora de bombeiros do Rio de Janeiro.

O 1º Curso de Operações de Salvamento em Desastres começou no dia 8 de março. "Os alunos recebem aulas de organização nas operações, segurança, avaliação estrutural, busca e localização de vítimas e marcação de estruturas. A utilização de ferramentas, equipamentos e acessórios de salvamento com rompimento de obstáculos e entrada em locais de difícil acesso também são assuntos abordados", conta o 1º Tenente Wenderson Marcelino.

"Além de conhecimento teórico, eles são submetidos a altos níveis de estresse físico, intelectual e psicológico", completa o tenente que, ao lado do Sargento Américo Gualberto, são os instrutores do treinamento. Ambos possuem formação em busca e resgate em estruturas colapsadas, com cursos em São Paulo e no Distrito Federal.

Além de treinamentos realizados no campo de instrução do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS), localizado na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, os militares atuam no atendimento às vítimas das chuvas que atingem a região serrana do estado fluminense desde o último domingo (17).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email