Bradesco cria programa para facilitar a vida das startups

Segundo o site do inovaBRA, é ideal que a startup esteja em estágio inicial ou intermediário e que possua ao menos um produto aplicável à área de serviços financeiros

Brasil, S�o Paulo, SP, 05/10/2012. Fachada do banco Bradesco e Bradesco Prime na avenida Paulista. - Cr�dito:ITACI BATISTA/AE/AE/C�digo imagem:122542
Brasil, S�o Paulo, SP, 05/10/2012. Fachada do banco Bradesco e Bradesco Prime na avenida Paulista. - Cr�dito:ITACI BATISTA/AE/AE/C�digo imagem:122542 (Foto: Luis Mauro Queiroz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Infomoney - A segunda edição do inovaBRA, programa de incentivo a startups, está com inscrições abertas até o dia 22 de dezembro. Com duração de 12 meses, o programa busca projetos de startups que tenham soluções cabíveis ao setor de produtos e serviços financeiros.

Segundo o site do inovaBRA, é ideal que a startup esteja em estágio inicial ou intermediário e que possua ao menos um produto aplicável à área de serviços financeiros.

O processo seletivo do programa tem duração de 4 meses, período no qual acontecerão três etapas: o questionário, que analisará as inscrições feitas; a imersão, em que as empresas selecionadas apresentarão a solução para um fórum de executivos do banco; e, por fim, o fórum executivo, que terá duração de uma semana para planejamento e preparação das empresas antes de outra apresentação ao fórum de executivos.

Algumas das áreas de interesse para os projetos são as de banco do futuro, canais digitais, meios de pagamento, produtos e seguros. Alguns dos critérios de seleção para a escolha final da empresa são qualificação da equipe, potencial de geração de valor, potencial de inovação, capacidade de entrega e mensuração de risco.

Embora não exista um prêmio em dinheiro para os participantes, o Bradesco garante que poderá comprar a solução ao final do programa ou investir na startup.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email