Brasil vence Rússia por 3 x 0 em amistoso no palco da final da Copa

A seleção brasileira marcou três gols logo após o intervalo, depois de um primeiro tempo apático, para alcançar uma vitória por 3 x 0 contra a Rússia, anfitriã da Copa do Mundo deste ano, em amistoso disputado nesta sexta-feira no estádio de Moscou que será o palco principal do Mundial

A seleção brasileira marcou três gols logo após o intervalo, depois de um primeiro tempo apático, para alcançar uma vitória por 3 x 0 contra a Rússia, anfitriã da Copa do Mundo deste ano, em amistoso disputado nesta sexta-feira no estádio de Moscou que será o palco principal do Mundial
A seleção brasileira marcou três gols logo após o intervalo, depois de um primeiro tempo apático, para alcançar uma vitória por 3 x 0 contra a Rússia, anfitriã da Copa do Mundo deste ano, em amistoso disputado nesta sexta-feira no estádio de Moscou que será o palco principal do Mundial (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

(Reuters) - A seleção brasileira marcou três gols logo após o intervalo, depois de um primeiro tempo apático, para alcançar uma vitória por 3 x 0 contra a Rússia, anfitriã da Copa do Mundo deste ano, em amistoso disputado nesta sexta-feira no estádio de Moscou que será o palco principal do Mundial.

Desfalcado de seu principal jogador devido à contusão sofrida por Neymar no final de fevereiro, o Brasil parou no primeiro tempo na formação bastante defensiva do time russo, e viu o time da casa criar as melhores chances de gol da etapa inicial.

Após a volta do intervalo, no entanto, o time do técnico Tite conseguiu impor um maior volume de jogo e abriu o marcador aos 7 minutos, com o zagueiro Miranda aproveitando rebote do goleiro Akinfeev após bola cabeceada pelo também zagueiro Thiago Silva em cobrança de escanteio.

"O jogo estava difícil, nossa seleção tomou um monte de contra-ataque, mas felizmente soube se portar bem e fomos felizes em um lance de bola parada. Eu acreditei que o Thiago poderia desviar e fui feliz em fazer o gol", disse Miranda em entrevista ainda no gramado à TV Globo após a partida.

Dez minutos depois, Phillippe Coutinho ampliou para a seleção ao converter pênalti sofrido por Paulinho, que pouco antes havia desperdiçado chance clara de gol. O próprio Paulinho fez o terceiro, de cabeça, concluindo cruzamento de Willian.

Com o desfalque de Neymar, Tite aproveitou o amistoso para testar uma formação mais ofensiva, com Coutinho recuado para o meio-campo, no lugar de Renato Augusto, e a linha ofensiva formada por Willian, Douglas Costa e Gabriel Jesus.

Ao longo da partida o treinador ainda promoveu as entradas de Taison (no lugar de Willian), Firmino (Gabriel Jesus), Renato Augusto (Paulinho), Fred (Coutinho), Fágner (Daniel Alves) e Geromel (Miranda).

Novidades na convocação, o meia-atacante Talisca e o atacante Willian José não tiveram chance de entrar em campo no amistoso contra os russos, em que a seleção estreou sua nova camisa azul.

O estádio Luzhniki, onde o amistoso foi disputado, será o palco principal do Mundial da Rússia, recebendo tanto a partida de abertura como a decisão da Copa do Mundo.

A seleção brasileira voltará a campo na terça-feira contra Alemanha, sua algoz no Mundial de 2014 na eliminação por 7 x 1 na semifinal. O jogo contra os alemães será o último antes da convocação final dos 23 jogadores para o Mundial.

O Brasil está no Grupo E da Copa do Mundo, ao lado de Suíça, Sérvia e Costa Rica. Os brasileiros estreiam contra os suíços no dia 17 de junho, em Rostov, e na sequência enfrentam Costa Rica, no dia 22, em São Petersburgo, e Sérvia, dia 27, em Moscou.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247