Brasileiro continua raspando a poupança

Dados do Banco Central divulgados nesta quinta-feira, 6, mostram que os saques das cadernetas de poupança somaram R$ 4,996 bilhões em março, após uma perda líquida de R$ 1,670 bilhão em fevereiro; no primeiro trimestre, os saques superaram os depósitos em R$ 17,402 bilhões, ante R$ 24,050 bilhões em igual período do ano passado; em março de 2016, os saques superaram os depósitos em R$ 5,379 bilhões

Dados do Banco Central divulgados nesta quinta-feira, 6, mostram que os saques das cadernetas de poupança somaram R$ 4,996 bilhões em março, após uma perda líquida de R$ 1,670 bilhão em fevereiro; no primeiro trimestre, os saques superaram os depósitos em R$ 17,402 bilhões, ante R$ 24,050 bilhões em igual período do ano passado; em março de 2016, os saques superaram os depósitos em R$ 5,379 bilhões
Dados do Banco Central divulgados nesta quinta-feira, 6, mostram que os saques das cadernetas de poupança somaram R$ 4,996 bilhões em março, após uma perda líquida de R$ 1,670 bilhão em fevereiro; no primeiro trimestre, os saques superaram os depósitos em R$ 17,402 bilhões, ante R$ 24,050 bilhões em igual período do ano passado; em março de 2016, os saques superaram os depósitos em R$ 5,379 bilhões (Foto: Aquiles Lins)

247 - Dados do Banco Central divulgados nesta quinta-feira, 6, mostram que os saques das cadenetas de poupança somaram R$ 4,996 bilhões em março, após uma perda líquida de R$ 1,670 bilhão em fevereiro.

No primeiro trimestre, os saques superaram os depósitos em R$ 17,402 bilhões, ante R$ 24,050 bilhões em igual período do ano passado. Em março de 2016, os saques superaram os depósitos em R$ 5,379 bilhões.

Segundo o Banco Central, em 12 meses até março, os saques são de R$ 34,053 bilhões, recuando dos R$ 34,437 bilhões no intervalo de um ano até fevereiro.

O resultado de março não foi ainda pior graças ao ingresso de R$ 3,478 bilhões no último dia útil do mês. Até a véspera as saídas líquidas somavam R$ 8,474 bilhões.

A poupança encerrou o ano passado com saque de R$ 40,701 bilhões, abaixo da perda líquida de R$ 53,567 bilhões no ano anterior. Em 2014, a poupança teve captação de R$ 24,034 bilhões, após o recorde de R$ 71,047 bilhões de 2013.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247