“Caiado é contra o crescimento de Goiás”, diz Vecci

O presidente do PSDB de Goiás, deputado federal Giuseppe Vecci, repudiou nesta quarta-feira (27) a movimentação do senador Ronaldo Caiado (DEM) para inviabilizar a operação de crédito de R$ 510 milhões entre a Caixa e o Governo de Goiás; Vecci diz que Caiado age com “estreiteza política” e prejudica o Estado, que pleiteia os recursos dentro de critérios rígidos e com direcionamento para investimentos, principalmente em infraestrutura

vecci
vecci (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - O presidente do PSDB de Goiás, deputado federal Giuseppe Vecci, repudiou nesta quarta-feira (27/6) a movimentação do senador Ronaldo Caiado (DEM) para inviabilizar a operação de crédito de R$ 510 milhões entre a Caixa e o Governo de Goiás. Vecci diz que Caiado age com “estreiteza política” e prejudica o Estado, que pleiteia os recursos dentro de critérios rígidos e com direcionamento para investimentos, principalmente em infraestrutura.

“Isso não me parece condizente com quem deseja ser governador, com quem deseja, certamente, o bem, o crescimento e o desenvolvimento do estado. Isso é realmente uma visão política estreita e não corrobora novas práticas que a população espera dos políticos”, critica. “Sinto que, mais uma vez, Caiado vai contra o crescimento do estado, vai contra melhorar a qualidade de vida das pessoas em Goiás”, lamenta.

Vecci, que já foi secretário de Fazenda e de Planejamento de Goiás, assinala que a má fé do senador é também quanto ao entendimento técnico da situação, já que há normas e regras estabelecidas pelo Banco Central e pelo Tesouro Nacional que determinam se um Estado tem ou não condições de capacidade de endividamento. O deputado federal observa que o Estao preenche todos os requisitos.

“Essas regras não são estabelecidas ao bel prazer de um governador, de um senador ou de um deputado; são regras estabelecidas para o Brasil inteiro, e há um critério para se enquadrar nesta questão”, lembra. “Banco não empresta para quem não pode pagar, banco não empresta para quem tem problemas. Então, não é isso que está ocorrendo em nível de estado de Goiás”, explica.


Vecci assinala que o Governo de Goiás atua para dar prosseguimento ao cronograma de obras e investimentos planejado por José Eliton e o ex-governador Marconi Perillo. “Há um plano de obras estabelecido pelo governo Marconi Perillo. Isso já havia sido estabelecido, não tem novidade nestes investimentos que estão sendo feitos”, disse.

O deputado federal lembrou que, por causa da crise financeira nacional, houve dificuldades em todos os Estados. “Então, está se pegando uma operação de crédito para se somar a recursos próprios do governo do estado para poder dar continuidade ao conjunto de obras do planejamento estabelecido”, detalhou.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247