Caiado é o primeiro político golpista a se alinhar com 90% do País

O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), que sonha em disputar a presidência da República pelo DEM, fez um movimento importante que o coloca numa posição melhor do que a dos caciques tucanos, que também pensam em ser candidatos em 2018; como 78% dos brasileiros querem a cassação do mandato de Michel Temer e 90% defendem eleições diretas para escolher o novo presidente, segundo pesquisa Vox Populi, Caiado se alinhou aos anseios populares, enquanto políticos como Aécio Neves, José Serra e Geraldo Alckmin afundam no abraço de afogados que deram em Temer

O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), que sonha em disputar a presidência da República pelo DEM, fez um movimento importante que o coloca numa posição melhor do que a dos caciques tucanos, que também pensam em ser candidatos em 2018; como 78% dos brasileiros querem a cassação do mandato de Michel Temer e 90% defendem eleições diretas para escolher o novo presidente, segundo pesquisa Vox Populi, Caiado se alinhou aos anseios populares, enquanto políticos como Aécio Neves, José Serra e Geraldo Alckmin afundam no abraço de afogados que deram em Temer
O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), que sonha em disputar a presidência da República pelo DEM, fez um movimento importante que o coloca numa posição melhor do que a dos caciques tucanos, que também pensam em ser candidatos em 2018; como 78% dos brasileiros querem a cassação do mandato de Michel Temer e 90% defendem eleições diretas para escolher o novo presidente, segundo pesquisa Vox Populi, Caiado se alinhou aos anseios populares, enquanto políticos como Aécio Neves, José Serra e Geraldo Alckmin afundam no abraço de afogados que deram em Temer (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) anunciou, neste sábado 22, seu rompimento com o governo de Michel Temer e defendeu a convocação imediata de eleições diretas, não só para a presidência, mas para todos os cargos, como a única forma de pacificar o País.

Trata-se de um movimento importante por ter vindo de um político a coalizão golpista - Caiado apoiou o golpe que tirou do poder uma presidente eleita em nome do combate à corrupção, movimento que arruinou a economia brasileira a imagem internacional do País.

Com a decisão, o senador goiano, que sonha em disputar a presidência da República pelo DEM, se coloca numa posição melhor do que a dos caciques tucanos, que também pensam em ser candidatos em 2018.

Isso porque 78% dos brasileiros defendem a cassação de Temer pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e 90% querem escolher seu substituto por meio de eleições diretas. Caiado então se alinhou aos anseios populares, enquanto políticos como Aécio Neves, José Serra e Geraldo Alckmin, todos delatados pela Odebrecht na Lava Jato, afundam no abraço de afogados que deram em Temer.

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247