Camaçari: oposição prevê rejeição das contas de Caetano também na Câmara

Comemorando a decisão do Tribunal de Contas dos Municípios de reprovar as contas de 2012 do ex-prefeito Luiz Caetano, a oposição na Câmara Municipal aposta na manutenção do parecer em plenário, o que deixaria o petista inelegível por oito anos a contar de 2015, e consequentemente, adiar seus planos de voltar ao Executivo; o líder da minoria no Legislativo, vereador Antônio Elinaldo, que é pré-candidato a prefeito pelo DEM, afirma que os parlamentares devem manter a decisão da corte; "O clima político na Casa é de rejeição das contas diante de tantas irregularidades e denúncias de desvios de recursos públicos"

Comemorando a decisão do Tribunal de Contas dos Municípios de reprovar as contas de 2012 do ex-prefeito Luiz Caetano, a oposição na Câmara Municipal aposta na manutenção do parecer em plenário, o que deixaria o petista inelegível por oito anos a contar de 2015, e consequentemente, adiar seus planos de voltar ao Executivo; o líder da minoria no Legislativo, vereador Antônio Elinaldo, que é pré-candidato a prefeito pelo DEM, afirma que os parlamentares devem manter a decisão da corte; "O clima político na Casa é de rejeição das contas diante de tantas irregularidades e denúncias de desvios de recursos públicos"
Comemorando a decisão do Tribunal de Contas dos Municípios de reprovar as contas de 2012 do ex-prefeito Luiz Caetano, a oposição na Câmara Municipal aposta na manutenção do parecer em plenário, o que deixaria o petista inelegível por oito anos a contar de 2015, e consequentemente, adiar seus planos de voltar ao Executivo; o líder da minoria no Legislativo, vereador Antônio Elinaldo, que é pré-candidato a prefeito pelo DEM, afirma que os parlamentares devem manter a decisão da corte; "O clima político na Casa é de rejeição das contas diante de tantas irregularidades e denúncias de desvios de recursos públicos" (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - Comemorando a decisão do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) de reprovar as contas de 2012 do ex-prefeito Luiz Caetano (PT), a oposição na Câmara Municipal de Camaçari aposta na manutenção do parecer em plenário, o que deixaria o petista inelegível por oito anos a contar de 2015, e consequentemente, adiar seus planos de voltar ao comando da maior cidade da Região Metropolitana de Salvador.

Além de apontar irregularidades nas contas, o conselheiro Paolo Marconi, relator do processo, solicitou uma representação contra Caetano, que hoje é deputado federal, junto ao Ministério Público por improbidade administrativa; aplicou ao ex-gestor uma multa de R$ 36 mil e determinou o ressarcimento aos cofres municipais, com recursos pessoais, de R$ 4,5 milhões, referentes aos gastos com publicidade sem comprovação, e de mais R$ 94,6 mil, devido ao pagamento de subsídios a mais para secretários.

O líder da oposição na Câmara de Camaçari, vereador Antônio Elinaldo, que é pré-candidato a prefeito pelo DEM, afirmou que a decisão já era esperada.

"A corrupção instalada na gestão do ex-prefeito Caetano sempre foi denunciada por nós. O resultado dela é que hoje o povo de Camaçari sofre em todas as áreas do serviço público, já que todo esse dinheiro foi tirado da saúde, da educação, da infraestrutura e das iniciativas que poderiam gerar emprego e renda em nossa cidade. Esse é o estilo PT de governar que está sendo desvendado pelos tribunais de todo o país", disse Elinaldo.

O democrata afirmou ainda que a Câmara deverá, com base na decisão do TCM, rejeitar as contas de Luiz Caetano. "O clima político na Casa é de rejeição das contas diante de tantas irregularidades e denúncias de desvios de recursos públicos. Hoje o ex-prefeito não tem respaldo político e nem popular para tentar reverter tanta maldade que ele praticou quando ocupou o posto de prefeito".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247