Candidato ao Senado, Kajuru diz ser vítima de conspiração nacional

O vereador Jorge Kajuru (PRP) afirmou nesta quarta-feira que está sendo vítima de conspiração nacional para desestabilizar a sua candidatura; esta conspiração, segundo disse ele na tribuna da Câmara Municipal, envolve a direção-geral do instituto Ibope, que estaria prejudicando-o numa pesquisa que está em andamento e será divulgada na próxima sexta-feira; “Esta imprensa que se serve do povo – em vez de servir o povo – vai divulgar esta pesquisa e está, em sua maioria, mobilizada para atrapalhar minha candidatura. Vocês não sabem com quem estão mexendo, não sabem do que eu sou capaz”, ameaçou Kajuru

Candidato ao Senado, Kajuru diz ser vítima de conspiração nacional
Candidato ao Senado, Kajuru diz ser vítima de conspiração nacional (Foto: Câmara de Goiânia)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - O vereador Jorge Kajuru (PRP) afirmou nesta quarta-feira que está sendo vítima de conspiração nacional para desestabilizar a sua candidatura. Esta conspiração, segundo disse ele na tribuna da Câmara Municipal, envolve a direção-geral do instituto Ibope, que estaria prejudicando-o numa pesquisa que está em andamento e será divulgada na próxima sexta-feira.

“Esta imprensa que se serve do povo – em vez de servir o povo – vai divulgar esta pesquisa e está, em sua maioria, mobilizada para atrapalhar minha candidatura. Vocês não sabem com quem estão mexendo, não sabem do que eu sou capaz”, ameaçou Kajuru.

Guardadas as devidas proporções, o vereador se assemelhou ao candidato à presidência Cabo Daciolo, que no começo desta semana disse que os Iluminatti estão tentando matá-lo.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247