Capitão Wagner denuncia descaso na cadeia pública de Camocim

A denúncia foi feita com base numa mensagem, recebida pelo deputado, através do Facebook. Segundo o denunciante, "os presos saem e entram, na hora que querem pelo telhado”

A denúncia foi feita com base numa mensagem, recebida pelo deputado, através do Facebook. Segundo o denunciante, "os presos saem e entram, na hora que querem pelo telhado”
A denúncia foi feita com base numa mensagem, recebida pelo deputado, através do Facebook. Segundo o denunciante, "os presos saem e entram, na hora que querem pelo telhado” (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - O deputado estadual Capitão Wagner (PR) comentou, nesta quarta-feira , na Assembleia Legislativa, denúncia que recebeu através do Facebook sobre a situação da cadeia de Camocim. Segundo o denunciante, a cadeia pública está precisando de reforma urgente porque os presos saem e entram "na hora que querem pelo telhado". O denunciante ressalta ainda que o problema da cadeia pública de Camocim é de conhecimento de todas as autoridades locais.
 
A mensagem enviada ao parlamentar relata que existe, no mesmo prédio onde funciona a cadeia pública, um albergue para os semiabertos, sem segurança nenhuma. "Eles entram e saem quando bem querem pelo telhado. Na parte de trás do presídio tem um corredor conhecido por Galeria do Amilton que dá acesso a rua. Durante a madrugada alguns detentos pulam e vão buscar drogas, armas brancas, celulares, bebidas e comida. Já foram feitas inúmeras apreensões comprovando esses fatos. O tráfico de drogas está sendo feito de dentro do presídio", explica Capitão Wagner, com base na mensagem recebida. A última inspeção do Núcleo de Segurança e Disciplina da Secretaria de Justiça à cadeia de Camocim foi em abril de 2015.

 

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247