Cartada final: Friboi vai ao interior em busca de apoio

Já prevendo um eventual embate com o amigo Iris Rezende para a definição do candidato do PMDB ao governo do Estado, empresário pretende investir tempo, saliva e quem sabe algum dinheirinho para seduzir prefeitos, vices, delegados e assim ter a primazia nas decisões do partido; antes do começo de abril, a executiva estadual vai se reunir para definir a forma da escolha do nome peemedebista

Já prevendo um eventual embate com o amigo Iris Rezende para a definição do candidato do PMDB ao governo do Estado, empresário pretende investir tempo, saliva e quem sabe algum dinheirinho para seduzir prefeitos, vices, delegados e assim ter a primazia nas decisões do partido; antes do começo de abril, a executiva estadual vai se reunir para definir a forma da escolha do nome peemedebista
Já prevendo um eventual embate com o amigo Iris Rezende para a definição do candidato do PMDB ao governo do Estado, empresário pretende investir tempo, saliva e quem sabe algum dinheirinho para seduzir prefeitos, vices, delegados e assim ter a primazia nas decisões do partido; antes do começo de abril, a executiva estadual vai se reunir para definir a forma da escolha do nome peemedebista (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás247 - Júnior Friboi vai investir tempo, saliva e possivelmente algum dinheiro no interior de Goiás. O empresário pretende se reunir com lideranças do PMDB para definir um cronograma e viagens para o interior do Estado. É o que informa a coluna Fio Direto, do Diário da Manhã.

O texto diz que Friboi tem até março para seduzir prefeitos, vices e delegados e conquistar apoio para sua candidatura ao governo de Goiás. Antes do começo de abril, a executiva estadual vai se reunir para definir entre Friboi e Iris Rezende.

O empresário da JBS é o único pré-candidato oficial e chancelado pelo PMDB, mas é Iris quem lidera as pesquisas entre os nomes da oposição. E nas sondagens contratadas pelo próprio partido é o ex-governador que aparece na frente e com folga.

Diante desse impasse, o PT abriu o olho e meio que lançou Antônio Gomide. O partido não concorda com a candidatura de Friboi e só desiste do prefeito de Anápolis se Iris for o candidato contra Marconi Perillo (PSDB).

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247