Cemig culpa Planalto por reajuste de tarifa em 14%

Estatal mineira comandada desde 2003 por governo do PSDB lança campanha da TV jogando para o governo federal responsabilidade por aumento na conta de luz; no entanto, omite que pediu aumento de 29%; PT rebate em nota assinada pelo presidente da sigla no Estado, o deputado federal Odair Cunha: governo mineiro promove "reiteradas tentativas de enganar a população com falsas propagandas"

Estatal mineira comandada desde 2003 por governo do PSDB lança campanha da TV jogando para o governo federal responsabilidade por aumento na conta de luz; no entanto, omite que pediu aumento de 29%; PT rebate em nota assinada pelo presidente da sigla no Estado, o deputado federal Odair Cunha: governo mineiro promove "reiteradas tentativas de enganar a população com falsas propagandas"
Estatal mineira comandada desde 2003 por governo do PSDB lança campanha da TV jogando para o governo federal responsabilidade por aumento na conta de luz; no entanto, omite que pediu aumento de 29%; PT rebate em nota assinada pelo presidente da sigla no Estado, o deputado federal Odair Cunha: governo mineiro promove "reiteradas tentativas de enganar a população com falsas propagandas" (Foto: Roberta Namour)

247 - A Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais), estatal comandada desde 2003 por governo do PSDB, lançou campanha na TV culpando o governo federal pelo reajuste da tarifa de luz.

No anúncio, o ator Jonas Bloch diz: "A tarifa da Cemig não é decidida pela Cemig. Quem define, afirma, é um órgão do governo federal, a Aneel [Agência Nacional de Energia Elétrica], que fica lá em Brasília. E o governo federal, por meio da Aneel, acaba de determinar um reajuste da nossa conta de energia elétrica da ordem de 14%".

No entanto, omite na campanha que foi a própria Cemig quem apresentou uma planilha de custos para a Aneel sugerindo reajuste ainda maior, da ordem de 29%.

Em nota assinada pelo presidente do PT no Estado, o deputado federal Odair Cunha, sigla da presidente Dilma Rousseff diz que o governo mineiro promove "reiteradas tentativas de enganar a população com falsas propagandas".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247