Centro de Excelência: obra deve ser retomada em abril

Em reunião entre Agel e Ministério Público Federal, ficou acertado que órgão estadual dará mais detalhes do projeto sobre a construção, enquanto procurador da República prometeu agilidade; atualmente existem R$ 12 milhões disponíveis para a conclusão do Laboratório de Capacitação, recurso de uma parceria entre o governo de Goiás e a Caixa

Centro de Excelência: obra deve ser retomada em abril
Centro de Excelência: obra deve ser retomada em abril
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás Agora_ O presidente da Agência Goiana de Esporte e Lazer (Agel), José Roberto Athayde, se reuniu com o procurador do Ministério Público Federal, Raphael Perissé, com o objetivo de dar continuidade às obras do Centro de Excelência do Esporte, localizado no Centro de Goiânia. O projeto está parado há seis meses. A Agel garantiu dar em breve mais detalhes do projeto sobre a construção, enquanto o Ministério Público prometeu agilidade na burocracia dos documentos necessários.

Segundo o presidente José Athayde, o tempo de readaptação do projeto é o prazo ideal para que o período chuvoso na capital acabe. "As obras deverão começar após o período chuvoso, provavelmente em abril", disse. As questões exigidas pelo procurador são relacionadas ao plano de obra e investimento financeiro.

Atualmente existem R$ 12 milhões disponíveis para a conclusão do Laboratório de Capacitação, recurso de uma parceria entre o Governo de Goiás e a Caixa Econômica Federal. "Nós temos o dinheiro e vamos buscar mais. A reunião foi importante, pois conseguimos nos entender com a procuradoria. De agora em diante, não haverá mais ofícios e burocracia, ou seja, daqui pra frente tudo será resolvido pessoalmente. Os engenheiros do governo poderão se reunir com os engenheiros do Ministério Público sempre que necessário e apresentar as soluções" enfatizou.

O presidente deixa claro que as exigências do MP não estão relacionadas a problemas com a obra. "Eles não estão questionando a obra. Eles pedem apenas mais detalhes, como o tipo de material utilizado, por exemplo. Sobre a parte construída, pedem que seja reavaliada, porque o tempo a deixou fora do padrão. Então o MP quer um relatório gerencial de como será feita essa recuperação", esclareceu José Athayde.

O próximo passo é aguardar a liberação do MP para início das obras, que devem durar aproximadamente oito meses. "O projeto do Centro de Excelência é a revitalização do Ginásio Rio Vermelho. O Parque Aquático atual vai ser demolido. Construiremos também um laboratório de iniciação esportiva para atletas de ato rendimento, além do Estádio Olímpico", explicou.

Recentemente, três bombas de sucção, instaladas por uma equipe técnica da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), eliminaram as águas das chuvas que se acumulavam no pátio das obras do Centro de Excelência. O trabalho, que é realizado ininterruptamente, conseguiu baixar no período de cinco dias o nível da água, escoada para a rede pluvial.

Após este trabalho emergencial de retirada das águas das chuvas, a Agetop instalará uma bomba elétrica que será disparada automaticamente quando a água for empossada e atingir determinado nível. Conforme laudos dos técnicos da Vigilância Sanitária, que realizam inspeções rotineiras no local, em nenhum momento foi constatada a presença do mosquito transmissor da dengue nas águas empoçadas.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247