Chefe da Polícia Civil deixa cargo e ataca França

Chefe da Polícia Civil de São Paulo, Youssef Abou Chahin, pediu demissão do cargo e, em carta de despedida, mandou um recado indireto ao governador Márcio França (PSB) em que aconselha aqueles que querem interferir na instituição a prestarem concurso para delegado; "Aliás, se quiserem aproveitar, o concurso foi autorizado e as inscrições encontram-se abertas", escreveu Chahin

Chefe da Polícia Civil de São Paulo, Youssef Abou Chahin, pediu demissão do cargo e, em carta de despedida, mandou um recado indireto ao governador Márcio França (PSB) em que aconselha aqueles que querem interferir na instituição a prestarem concurso para delegado; "Aliás, se quiserem aproveitar, o concurso foi autorizado e as inscrições encontram-se abertas", escreveu Chahin
Chefe da Polícia Civil de São Paulo, Youssef Abou Chahin, pediu demissão do cargo e, em carta de despedida, mandou um recado indireto ao governador Márcio França (PSB) em que aconselha aqueles que querem interferir na instituição a prestarem concurso para delegado; "Aliás, se quiserem aproveitar, o concurso foi autorizado e as inscrições encontram-se abertas", escreveu Chahin (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SP 247 - O chefe da Polícia Civil de São Paulo, Youssef Abou Chahin, pediu demissão do cargo e, em carta de despedida, mandou um recado indireto ao governador Márcio França (PSB) em que aconselha aqueles que querem interferir na instituição a prestarem concurso para delegado.

"Aliás, se quiserem aproveitar, o concurso foi autorizado e as inscrições encontram-se abertas", escreveu Chahin, que era delegado-geral do governo Geraldo Alckmin (PSDB) desde janeiro de 2015 e decidiu se aposentar.

As informações são da Folha de S. Paulo

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247