Cid diz que se estiver na Lava Jato, Teori é “corno” e Moro “picareta”

Ex-governador do Ceará, Cid Gomes (PDT), afirmou na sua festa de aniversário, em Sobral, que se ele estiver envolvido no esquema de corrupção da Petrobras, o ministro do STF, Teori Zavascki, relator da Lava Jato, é “corno”; o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, é “ladrão” e o juiz Sérgio Moro, que comanda as investigações da primeira instância, é “picareta”; seu nome aparece em uma lista apreendida na Odebrecht

Ex-governador do Ceará, Cid Gomes (PDT), afirmou na sua festa de aniversário, em Sobral, que se ele estiver envolvido no esquema de corrupção da Petrobras, o ministro do STF, Teori Zavascki, relator da Lava Jato, é “corno”; o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, é “ladrão” e o juiz Sérgio Moro, que comanda as investigações da primeira instância, é “picareta”; seu nome aparece em uma lista apreendida na Odebrecht
Ex-governador do Ceará, Cid Gomes (PDT), afirmou na sua festa de aniversário, em Sobral, que se ele estiver envolvido no esquema de corrupção da Petrobras, o ministro do STF, Teori Zavascki, relator da Lava Jato, é “corno”; o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, é “ladrão” e o juiz Sérgio Moro, que comanda as investigações da primeira instância, é “picareta”; seu nome aparece em uma lista apreendida na Odebrecht (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-governador do Ceará, Cid Gomes (PDT), afirmou na sua festa de aniversário, em Sobral, que se ele estiver envolvido no esquema de corrupção da Petrobras, o ministro do STF, Teori Zavascki, relator da Lava Jato, é “corno”; o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, é “ladrão” e o juiz Sérgio Moro, que comanda as investigações da primeira instância, é “picareta”.

O nome de Cid Gomes aparece numa lista apreendida pela Lava Jato na sede da Odebrecht que esta sob investigação do STF, ao lado do valor de R$ 200 mil e do codinome “falso”.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email