Cinco cidades detêm mais da metade da riqueza em SE

É o apontam os dados sobre o PIB para o ano de 2012, divulgados pela Seplag, através do Observatório de Sergipe; Aracaju (35,3%), Nossa Senhora do Socorro (7,4%), Canindé do São Francisco (5,0%), Estância (4,7%) e Laranjeiras (3,6%) acumulam 56% do PIB estadual, o correspondente a R$ 15,58 bilhões; a capital continua sendo o principal centro produtor de bens e serviços entre 75 municípios sergipanos; em 2012, Aracaju aumentou sua participação em 0,1 ponto percentual, contribuindo com 35,3% da riqueza produzida no estado em 2013

O contingente de trabalhadores empregados na indústria do Paraná aumentou 0,4% em dez meses de 2013, apesar do recuo de 1% em outubro. Foto: Gilson Abreu
O contingente de trabalhadores empregados na indústria do Paraná aumentou 0,4% em dez meses de 2013, apesar do recuo de 1% em outubro. Foto: Gilson Abreu (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sergipe 247 - Cinco municípios de Sergipe detêm mais da metade de toda a riqueza produzida no estado. É o apontam os dados sobre o Produto Interno Bruto Municipal (PIB) para o ano de 2012, divulgados pela Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), através do Observatório de Sergipe. De acordo com o levantamento, Aracaju (35,3%), Nossa Senhora do Socorro (7,4%), Canindé do São Francisco (5,0%), Estância (4,7%) e Laranjeiras (3,6%) acumulam 56% do PIB do Estado, o correspondente a R$ 15,58 bilhões.

A capital Aracaju continua sendo o principal centro produtor de bens e serviços entre 75 municípios sergipanos. Em 2012, a cidade aumentou a sua participação em 0,1 ponto percentual (p.p), contribuindo com 35,3% da riqueza produzida no estado em 2013.

O superintendente de Estudos e Pesquisas da Seplag e coordenador do Observatório de Sergipe, Marcel Resende, afirma que evidente a importância econômica de Aracaju no cenário estadual.

"Principalmente quando observamos que 41,9% dos serviços gerados no estado têm sua origem no município. Vale destacar que Aracaju é principal polo industrial de Sergipe, representando 20,9% do valor adicionado bruto da indústria", diz.

No setor agropecuário, os cinco municípios com maiores PIB, em 2012, foram Lagarto, Simão Dias, Capela, Itabaiana e Nossa Senhora da Glória. Juntas, essas cidades contribuíram com 24,5% de tudo que foi produzido pelo setor em Sergipe.

Na indústria, as cinco cidades com maiores PIB foram: Aracaju, Canindé de São Francisco, Estância, Japaratuba e Carmópolis. Juntos, esses municípios contribuíram com 57,7% de tudo que foi produzido pelo setor no estado de Sergipe. Aracaju continuou sendo o maior polo industrial com 20,9% do valor adicionado bruto da indústria estadual. A capital tem sua economia baseada na indústria, que, em 2012, concentrou 16,7% do valor adicionado da atividade no estado.

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247