Ciro diz que Bolsonaro, se eleito, precipitaria uma guerra civil

Em sua passagem por Belo Horizonte, o presidenciável Ciro Gomes (PDT) afirmou que é candidato por ter "obrigação de evitar uma tragédia"; para Ciro, se eleito, Jair Bolsonaro (PSL) “precipitaria uma guerra civil”; ele também acusou o militar de ser um “carreirista” na política e de representar “o que há de mais selvagem na população brasileira"

Ciro diz que Bolsonaro, se eleito, precipitaria uma guerra civil
Ciro diz que Bolsonaro, se eleito, precipitaria uma guerra civil

Minas 247 – Em entrevista à Rádio Itatiaia, nesta quinta-feira (30), em Belo Horizonte, o candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, afirmou que é candidato por ter "obrigação de evitar uma tragédia". Para Ciro, de acordo com reportagem de Juliana Cipriani, no Estado de Minas, se eleito, o candidato Jair Bolsonaro (PSL) “precipitaria uma guerra civil” no Brasil.

O pedetista acusou Bolsonaro de ser um “carreirista” na política. “Faz questão de fazer apologia à ignorância e não se sente responsável por arbitrar problemas dos brasileiros. (…) Respeito o povo brasileiro mas tenho obrigação de lutar para evitar essa tragédia”, declarou ao Estado de Minas.

Ciro Gomes disse ainda que conhece bem o capitão por ter convido com ele na Câmara dos Deputados e garantiu que Bolsonaro é “o que há de mais selvagem na população brasileira e interpreta um personagem baseado nisso".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247