Ciro: traficantes propuseram acordo no Ceará e Camilo rechaçou

Em entrevista  transmitida pela Rádio O POVO/CBN, o presidenciável Ciro Gomes (PDT) disse que pessoas ligadas a facções criminosas que comandam o tráfico no Ceará propuseram um acordo com o governo para que “fechasse os olhos” para o tráfico; em contrapartida, eles fariam com que os números de homicídio diminuíssem; mas o governador Camilo Santana (PT) rejeitou a proposta

Ciro: traficantes propuseram acordo no Ceará e Camilo rechaçou
Ciro: traficantes propuseram acordo no Ceará e Camilo rechaçou

Ceará 247 – Em entrevista transmitida pela Rádio O POVO/CBN, de Fortaleza, o presidenciável Ciro Gomes (PDT) revelou que pessoas ligadas a facções criminosas que comandam o tráfico no Ceará propuseram um acordo com o Governo do Estado e solicitaram que o Governo “fechasse os olhos” para o tráfico. Pelo acordo proposto, os criminosos fariam com que os números de homicídio diminuíssem.

No entanto, o governador Camilo Santana (PT) rechaço, afirmou Ciro Gomes. Para o candidato, isso explica porque o número de assassinatos no Ceará é tão elevado, de acordo com reportagem do O Povo.

De janeiro a junho de 2018, 2.380 pessoas foram mortas no Estado, segundo dados da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Ciro Gomes revelou que já houve esse tipo de acordo entre governo e traficantes para a diminuição da taxa de homicídios no estado de São Paulo.

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247