Cláudio: deputado vai ao MP contra mudança de poder sobre aeroporto

Deputado Rogério Correia (PT) entrará esta semana com um pedido no MPF de Divinópolis solicitando o cancelamento do convênio que transferiu a responsabilidade sobre o aeroporto da cidade de Cláudio do governo mineiro para a prefeitura daquele município; Assembleia Legislativa (ALMG) também deve ter audiência pública sobre o caso; "Estamos lutando arduamente para a instalação de uma CPI", disse o parlamentar; o aeroporto foi construído em terras do tio-avô do senador Aécio Neves (PSDB)

Deputado Rogério Correia (PT) entrará esta semana com um pedido no MPF de Divinópolis solicitando o cancelamento do convênio que transferiu a responsabilidade sobre o aeroporto da cidade de Cláudio do governo mineiro para a prefeitura daquele município; Assembleia Legislativa (ALMG) também deve ter audiência pública sobre o caso; "Estamos lutando arduamente para a instalação de uma CPI", disse o parlamentar; o aeroporto foi construído em terras do tio-avô do senador Aécio Neves (PSDB)
Deputado Rogério Correia (PT) entrará esta semana com um pedido no MPF de Divinópolis solicitando o cancelamento do convênio que transferiu a responsabilidade sobre o aeroporto da cidade de Cláudio do governo mineiro para a prefeitura daquele município; Assembleia Legislativa (ALMG) também deve ter audiência pública sobre o caso; "Estamos lutando arduamente para a instalação de uma CPI", disse o parlamentar; o aeroporto foi construído em terras do tio-avô do senador Aécio Neves (PSDB) (Foto: Leonardo Lucena)

Minas 247– O deputado estadual Rogério Correia (PT) entrará esta semana com um pedido no Ministério Público Federal de Divinópolis solicitando o cancelamento do convênio que transferiu a responsabilidade sobre o aeroporto do município de Cláudio do governo de Minas para a prefeitura daquele município. Segundo informações divulgadas pela assessoria do parlamentar, uma audiência pública na Assembleia Legislativa de Minas Gerais também será organizada para debater o caso.

"Estamos lutando arduamente na Assembleia Legislativa para a instalação de uma CPI sobre o tema. Transferir agora a responsabilidade sobre o aeroporto, além de alterar e realocar seus arquivos e documentos, é um desrespeito ao povo mineiro e à lisura do processo investigativo", afirma Rogério Correia.

O aeroporto, localizado na cidadede Cláudio, a 150 quilômetros de Belo Horizonte, é de responsabilidade da prefeitura local desde junho deste ano. É que informa a publicação do Diario Oficial do Estado, da última sexta-feira (21). Há cinco meses, o governo mineiro assinou o convênio que delegou a exploração do aeroporto para o Executivo municipal. No entanto, só veio ser publicado após o período eleitoral.

Conhecido como "Aécioporto", o caso envolvendo o aeroporto, orçado em R$ 14 milhões, gerou diversas polêmicas durante a campanha presidencial. Denúncias dão conta de que o empreendimento foi construído em terras do tio-avô do senador Aécio Neves (PSDB), ex-governador de Minas. A prefeitura local é da base tucana – em Minas o atual governador é Alberto Pinto Coelho (PP), que sucedeu Antonio Anastasia (PSDB), eleito senador.

O ex-presidenciável Aécio Neves reconheceu que pousou no aeroporto. "Se algum equívoco houve, certamente eu posso reconhecer e não ter me preocupado em examinar em que estágio o processode homologação está. Este é um equívoco e eu quero reconhecer", disse o tucano. No entanto, em artigo enviado para a Folha, no mês de julho, o tucano disse que a obra foi não apenas legal, mas transparente, ética e extremamente importante para o desenvolvimento do município e da região" (veja aqui).

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247