Com Lobão, Caiado repete figurino fascista

Senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) compareceu ao ato contra Dilma na Avenida Paulista, em São Paulo, com a mesma roupa fascista de 15 de março; camiseta associa o ex-presidente Lula a uma deficiência física, típica de quem estimula a intolerância e o preconceito; no Twitter, o parlamentar pediu a renúncia da presidente

Senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) compareceu ao ato contra Dilma na Avenida Paulista, em São Paulo, com a mesma roupa fascista de 15 de março; camiseta associa o ex-presidente Lula a uma deficiência física, típica de quem estimula a intolerância e o preconceito; no Twitter, o parlamentar pediu a renúncia da presidente
Senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) compareceu ao ato contra Dilma na Avenida Paulista, em São Paulo, com a mesma roupa fascista de 15 de março; camiseta associa o ex-presidente Lula a uma deficiência física, típica de quem estimula a intolerância e o preconceito; no Twitter, o parlamentar pediu a renúncia da presidente (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 – O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) compareceu neste domingo 12 à manifestação contra a presidente Dilma Rousseff da Avenida Paulista vestindo a mesma camiseta fascista do protesto do dia 15 de março.

A camiseta amarela traz o desenho de uma mão preta com quatro dedos e a palavra "basta", associando o ex-presidente Lula a uma deficiência física, típica de quem estimula o ódio, a intolerância e o preconceito.

Em março, ele respondeu não aceitar o rótulo e disse que usou a camisa como outros milhares. Chamá-lo de fascista, disse, é uma tentativa de criminalizar um movimento legítimo. "A única deficiência que Lula tem é de moral e de ética na política", afirmou.

Desta vez, ele tirou uma foto abraçado com o cantor Lobão e escreveu no Twitter: "Encontrei o amigo @lobãoeletrico". O senador também pediu a renúncia da presidente pela rede social. Confira:

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247