Com patrimônio de R$ 16,7 mi, Armando é o candidato mais rico em PE

Declaração de bens dos candidatos ao Governo de Pernambuco aponta o senador Armando Monteiro (PTB) como o candidato mais rico desta eleição; Armando declarou à Justiça Eleitoral um patrimônio de R$ 16.754.720,50 este ano, contra os R$ 14.917.614,75 informados no pleito de 2014, quando ele perdeu a disputa estadual; governador e candidato à reeleição, Paulo Câmara (PSB) declarou bens da ordem de R$ 272.879,91, valor inferior ao declarado em 2014, quando afirmou ter R$ R$ 364.299,89. Julio Lossio (Rede) informou bens no valor de R$ 2.206.290, 83

Com patrimônio de R$ 16,7 mi, Armando é o candidato mais rico em PE
Com patrimônio de R$ 16,7 mi, Armando é o candidato mais rico em PE (Foto: Roque de Sá/Agência Senado)

Pernambuco 247 - A declaração de bens dos candidatos ao Governo de Pernambuco aponta o senador Armando Monteiro (PTB) como o candidato mais rico desta eleição. Armando declarou à Justiça Eleitoral um patrimônio de R$ 16.754.720,50 este ano, contra os R$ 14.917.614,75 informados por ocasião do pleito de 2014, quando ele perdeu a disputa pelo Palácio do Campo das Princesas. O governador e candidato à reeleição, Paulo Câmara (PSB) declarou bens da ordem de R$ 272.879,91, valor inferior ao declarado em 2014, quando afirmou ter R$ R$ 364.299,89. Julio Lossio (Rede) informou bens no valor de R$ 2.206.290, 83.

A candidata do PSTU, Simone Fontana, afirmou possuir um automóvel avaliado em R$ 5 mil. Até o início da noite desta quinta-feira (16) não constavam no sistema informações sobre os bens da candidata Dani Portela (PSOL) e Ana Patrícia Alves (PCO). Os dados sobre os bens do ex-deputado Mauricio Rands (Pros) também não foram cadastrados no sistema da Justiça Eleitoral. Em 2010, quando foi eleito para a Câmara Federal ele informou possuir R$ 3.332.984,22.

Dentre os candidatos a vice, o de Armando Monteiro também é o que possui mais bens. O vereador do Recife Fred Ferreira (PSC) declarou um total de R$ 590.136,46. A deputada federal Luciana Santos (PCdoB), vice na chapa do governador Paulo Câmara, informou um patrimônio de R$ 335.558,42. A ex-vereadora do Recife Isabella de Roldão (PDT), vice de Mauricio Rands, informou bens da ordem de R$ 332.312,65. Gerlane Simões (PCB), viceê na chapa do PSOL, e Jair Pedro (PSTU), não declararam bens.

Na disputa pelo Senado, o deputado federal Bruno Araújo (PSDB) foi que declarou à Justiça Eleitoral o maior valor: R$ 5.160.732,02. O valor é quase R$ 2 milhões maior que o ele declarou possui por ocasião do pleito de 2014, quando ele disse possuir ter R$ 3.156.779,35. O deputado federal Jarbas Vasconcelos (MDB), que em 2014 informou bens no valor de R$ 2.000.936,45, agora informou possuir R$ 1.687.249,59 .

O deputado federal e ex-ministro Mendonça Filho (DEM) também declarou um patrimônio menor. Enquanto em 2014 ele declarou bens da ordem de R$ 1.649.203,71, agora ele possui R$ 1.333.854,66. Silvio Costa (Avante) declarou R$ 1.314.633,06, contra R$ 1.059.430,23 em 2014. Albanise Pires (PSOL) informou possuir R$ 406.537,07 este ano. Já o senador e candidato à reeleição Humberto Costa (PT) informou possui R$ 382.554,77, contra R$ 381.603,89 em 2010. Lídia Brunes (PROS) informou R$ 116 mil e Hélio Cabral (PSTU), R$ 7 mi. Já Eugênia Lima (PSOL) não tinha bens cadastrados no sistema.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247