Cooperativas de crédito e os pequenos negócios

“As cooperativas representam oferta adicional de crédito aos pequenos negócios com um perfil de banco local, de vizinhança”, afirmou Alexandre Comin, gerente de Acesso a Mercados e Serviços Financeiros do Sebrae, que falou sobre “Pequenos Negócios e Cooperativismo Financeiro”; “Essa aproximação interessa muito ao Sebrae e é particularmente importante num momento em que o acesso ao crédito está difícil em todo o país”, completou

“As cooperativas representam oferta adicional de crédito aos pequenos negócios com um perfil de banco local, de vizinhança”, afirmou Alexandre Comin, gerente de Acesso a Mercados e Serviços Financeiros do Sebrae, que falou sobre “Pequenos Negócios e Cooperativismo Financeiro”; “Essa aproximação interessa muito ao Sebrae e é particularmente importante num momento em que o acesso ao crédito está difícil em todo o país”, completou
“As cooperativas representam oferta adicional de crédito aos pequenos negócios com um perfil de banco local, de vizinhança”, afirmou Alexandre Comin, gerente de Acesso a Mercados e Serviços Financeiros do Sebrae, que falou sobre “Pequenos Negócios e Cooperativismo Financeiro”; “Essa aproximação interessa muito ao Sebrae e é particularmente importante num momento em que o acesso ao crédito está difícil em todo o país”, completou (Foto: Luis Mauro Queiroz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Brasília - As cooperativas de crédito se aproximam cada vez mais dos pequenos negócios, e esse é um movimento que interessa ao Sebrae. Essa foi a tônica do primeiro dia de palestras do 29º Congresso da Confederação Internacional de Bancos Populares (CIBP), que acontece entre segunda (19) e terça-feira (20), no Rio de Janeiro. Pela primeira vez no Brasil, o congresso reúne aproximadamente 300 líderes de cooperativas e bancos populares de 15 países.

“As cooperativas representam oferta adicional de crédito aos pequenos negócios com um perfil de banco local, de vizinhança”, afirmou Alexandre Comin, gerente de Acesso a Mercados e Serviços Financeiros do Sebrae, que falou nesta manhã sobre “Pequenos Negócios e Cooperativismo Financeiro”. “Essa aproximação interessa muito ao Sebrae e é particularmente importante num momento em que o acesso ao crédito está difícil em todo o país”, completou.

A despeito das dificuldades econômicas atuais, o Sebrae trabalha por essa aproximação desde 2003 e já conta com bons resultados, por meio do projeto Fomento às Boas Práticas em Cooperativas de Crédito. Em menos de quatro anos o volume de crédito negociado pelos pequenos negócios com as cooperativas saltou 107%: de R$ 4,1 bilhões, em dezembro de 2011, para R$ 8,5 bilhões, em agosto de 2014, volume superior aos realizados pelos sistemas financeiros nacional e cooperativo.

Alexandre Comin falou no painel sobre os desafios do desenvolvimento, numa programação que também traz temas como inovações dos serviços financeiros, tendências globais, revolução digital, desafios demográficos e gerenciamento de talentos. Esta edição do congresso tem como objetivo promover capacitação, reflexão, motivação e atualização dos participantes, gerando conhecimento técnico e mercadológico sobre as iniciativas adotadas em diferentes nações.

Com sede em Bruxelas, a CIBP é uma ONG que representa internacionalmente instituições cooperativas, é reconhecida pelas Nações Unidas e conta com membros em 10 países: Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Brasil, Canadá, Espanha, França, Itália e Marrocos. No Brasil, o evento tem como anfitriões a Confederação Nacional das Cooperativas do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) e o Banco Cooperativo do Brasil. Conta com patrocínio de Sebrae Nacional, Sescoop Nacional, Sicredi, PWC, Star Alliance e Mapfre Seguros.

O Sicoob possui mais de três milhões de cooperados em todo o país, está presente em 25 estados brasileiros e no Distrito Federal, e é a sexta maior entre as instituições financeiras que atuam no país, com mais de 2,3 mil pontos de atendimento. É composto por cooperativas singulares, cooperativas centrais e a Confederação Nacional das Cooperativas do Sicoob (Sicoob Confederação). Integram, ainda, o Sistema, o Banco Cooperativo do Brasil do Brasil (Bancoob) e suas subsidiárias.                

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247