Corinthians só empata com Bragantino e perde a liderança

Timo leva gol aos 2 minutos, pressiona sem objetividade e marca com Ramrez; pouco para os 16 mil pagantes

Corinthians só empata com Bragantino e perde a liderança
Corinthians só empata com Bragantino e perde a liderança (Foto: Divulgação)

O Corinthians empatou com o Bragantino neste domingo, por 1 a 1, no Pacaembu, pela quinta rodada do Campeonato Paulista, e perdeu a liderança da competição. Poupando titulares para evitar desgaste físico, a equipe do Parque São Jorge não conseguiu manter a sua campanha de 100% de aproveitamento, porém segue invicta. O jogo foi bastante movimentado, com o Corinthians pressionando a maior parte do tempo, mas esbarrando na forte marcação do time do interior.

Agora com 13 pontos, o Corinthians perdeu a primeira colocação do campeonato para o Paulista, de Jundiaí, que no sábado havia derrotado o Catanduvense e chegado à mesma pontuação. Já o Bragantino, com cinco pontos, segue próximo da zona de rebaixamento.

O JOGO - O Bragantino iniciou a partida indo para cima do Corinthians. E logo aos 2 minutos de jogo, após cruzamento da esquerda, rebatida ruim de Júlio César e confusão na zaga, a bola sobrou para Serginho tocar para o gol e abrir o placar: 1 a 0. Antes de o goleiro rebater, porém, dois jogadores da equipe do interior estavam impedidos e correram em direção à bola na hora da cobrança da falta.

Atrás no marcador, o time do Parque São Jorge acordou e passou a fazer pressão em busca do empate. Aos 9 minutos, Leandro Castán abriu espaço na entrada da área e chutou. Alê estava mal posicionado e teve dificuldade para afastar o perigo. Aos 31, Jorge Henrique fez boa jogada e chutou forte da entrada da área na canto esquerdo de Alê. O goleiro se esticou e conseguiu mandar para escanteio.

No lance seguinte, Leandro Castán tentou driblar dentro da área, caiu e pediu pênalti. O árbitro nada marcou. Aos 38 minutos, após escanteio, a bola foi na cabeça de Liedson. O atacante procurou o canto direito de Alê, mas a bola acabou saindo rente à trave.

A equipe do Parque São Jorge, após sofrer uma pressão inicial, dominou a partida, porém sem criar muitas oportunidades de gol. O Bragantino se mostrou bastante eficiente na marcação, às vezes com violência. Aos 32 minutos, dois zagueiros do time do interior já haviam recebido cartão amarelo. Aos 45, Murilo Henrique fez nova falta feia e foi expulso.

O segundo tempo teve início do mesmo jeito que acabou o primeiro com o Corinthians buscando o gol, ainda mais incisivo por estar em superioridade numérica. E a bola balançou as redes do Bragantino logo aos 5 minutos. Ramírez arriscou da entrada da área, do lado direito, e acertou um belo chute. Alê chegou a tocar na bola, mas não conseguiu evitar o empate: 1 a 1.

Aos 16 minutos, em busca da vitória, Tite tirou o lateral-esquerdo Ramon e colocou o meia Vitor Júnior, que logo fez falta dura e tomou cartão amarelo. No lance seguinte, Gilsinho levou para a linha de fundo e cruzou rasteiro. Jorge Henrique, na corrida, pegou mal na bola e jogou longe da meta de Alê, desperdiçando uma boa oportunidade de virar o jogo. Aos 21, Gilsinho novamente cruzou da direita. Liedson pegou bonito de voleio, mas a bola desviou na zaga e acabou indo para escanteio.

O time do Parque São Jorge dominava o jogo e parecia estar cada vez mais perto de virar a partida. Aí Vitor Júnior fez nova falta feia e, após dez minutos em campo, foi expulso. O Corinthians perdeu o ímpeto e só fez pressão nos últimos momentos do jogo, porém sem resultado.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 x 1 BRAGANTINO

CORINTHIANS - Júlio César; Alessandro, Chicão (Elton), Leandro Castán e Ramon (Vitor Júnior); Ralf, Paulinho e Ramírez; Jorge Henrique, Liedson e Gilsinho (Welder). Técnico: Tite.

BRAGANTINO - Alê; Murilo Henrique, Luiz Henrique e André Astorga; Victor Ferraz, Éder Silva, Serginho, Romarinho (Guilherme) e Léo Jaime; Paulo Roberto (Diego) e Giancarlo (Bruno). Técnico: Marcelo Veiga.

GOLS - Serginho, aos 2 minutos do primeiro tempo; Ramírez, aos 5 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Paulinho, Gilsinho e Vitor Júnior (Corinthians); André Astorga, Murilo Henrique, Alê, Giancarlo e Diego (Bragantino).

CARTÕES VERMELHOS - Vitor Júnior (Corinthians); Murilo Henrique (Bragantino).

ÁRBITRO - Leonardo Ferreira Lima.

RENDA - R$ 510.642,50.

PÚBLICO - 16.282 pagantes.

LOCAL - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247