Credeq começa a funcionar nesta quinta

Centro de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeq) Jamil Issy, em Aparecida de Goiânia, será inaugurado na manhã desta quinta-feira; Pponeiro no País, o projeto visa o atendimento gratuito às vítimas do consumo de álcool, do crack e de outras drogas; para o governador Marconi Perillo, o Credeq será uma vitrine; “Será uma revolução para o tratamento e recuperação de dependentes químicos. A unidade é uma providência real para que o tratamento seja feito com excelência. Aliviará o sofrimento de muitas mães e pais e devolverá a dignidade a uma parcela significativa da sociedade”

Centro de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeq) Jamil Issy, em Aparecida de Goiânia, será inaugurado na manhã desta quinta-feira; Pponeiro no País, o projeto visa o atendimento gratuito às vítimas do consumo de álcool, do crack e de outras drogas; para o governador Marconi Perillo, o Credeq será uma vitrine; “Será uma revolução para o tratamento e recuperação de dependentes químicos. A unidade é uma providência real para que o tratamento seja feito com excelência. Aliviará o sofrimento de muitas mães e pais e devolverá a dignidade a uma parcela significativa da sociedade”
Centro de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeq) Jamil Issy, em Aparecida de Goiânia, será inaugurado na manhã desta quinta-feira; Pponeiro no País, o projeto visa o atendimento gratuito às vítimas do consumo de álcool, do crack e de outras drogas; para o governador Marconi Perillo, o Credeq será uma vitrine; “Será uma revolução para o tratamento e recuperação de dependentes químicos. A unidade é uma providência real para que o tratamento seja feito com excelência. Aliviará o sofrimento de muitas mães e pais e devolverá a dignidade a uma parcela significativa da sociedade” (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - O Centro de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeq) Jamil Issy, em Aparecida de Goiânia, será inaugurado nesta quinta-feira, 23, às 8 horas. Pioneiro no País, o projeto visa o atendimento gratuito às vítimas do consumo de álcool, do crack e de outras drogas. Ao todo, a unidade oferecerá 96 vagas e foi edificada ao custo de R$ 26,6 milhões, com custeio mensal de R$ 602 mil.

Os recursos são oriundos do tesouro estadual. Para o governador Marconi Perillo, o Credeq será uma vitrine no País. “Será uma revolução para o tratamento e recuperação de dependentes químicos. A unidade é uma providência real para que o tratamento seja feito com excelência. Aliviará o sofrimento de muitas mães e pais e devolverá a dignidade a uma parcela significativa da sociedade”, ressalta.

Além do governador, o evento terá a presença do secretário da Saúde, Leonardo Vilela, de superintendentes da SES, de representantes do governo estadual e de instituições ligadas à dependência química. O Centro de Excelência fica localizado na Av. Copacabana, Setor Expansul, em Aparecida de Goiânia. O objetivo da unidade é proporcionar a adesão ao tratamento de pacientes graves e de maior complexidade, com possibilidade de internação de até 90 dias e retorno para mais tempo conforme avaliação médica.

O público-alvo será de crianças com até 12 anos incompletos, adolescentes e adultos. Todos serão admitidos na unidade, voluntariamente. As visitas familiares serão feitas diariamente. O Credeq será gerenciado pela Organização Social Luz da Vida, conforme chamamento público número 002/2014. O Centro de Referência contará, ao todo, com cerca de 360 profissionais. Entre equipamentos médicos hospitalares, artigos terapêuticos e mobiliários foram investidos o valor de R$ 2.621.88 milhões. A abertura será gradual, com ênfase na ala adulta composta por seis vagas de desintoxicação e 24 de reabilitação. Como é rotina em unidades de saúde, o atendimento do Credeq será aumentado progressivamente, até a capacidade de 96 vagas.

“A abertura gradual é feita de acordo com critérios técnicos estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Todo o funcionamento seguirá um fluxo regulatório, estabelecido com o propósito de assegurar o fiel cumprimento do perfil da unidade”, diz o secretário da Saúde, Leonardo Vilela. A previsão é de que no décimo mês de funcionamento a unidade tenha 2.200 atendimentos ambulatoriais e 64 internações por mês.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247