Cunhado de Capez ameaçou jornalista da Carta Capital

O advogado Rogério Auad Palermo, cunhado do presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Fernando Capez (PSDB), fez ameaças a um repórter da revista "Carta Capital" que cobre a máfia da merenda, no qual o deputado é investigado; a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo divulgou uma nota em que critica a atitude de Palermo; "Seu objetivo não parece ser buscar reparação ou contestar qualquer informação da reportagem, mas intimidar o profissional e, pela força, censurar a revista 'Carta Capital'", afirma a nota; em um e-mail, segundo a revista, Palermo escreveu: "'Eu fiz 25 anos de karatê e sempre apliquei isto na minha vida. Olha dá certo. Derrubava caras de 120 kilos praticamente com olhar!!'"

O advogado Rogério Auad Palermo, cunhado do presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Fernando Capez (PSDB), fez ameaças a um repórter da revista "Carta Capital" que cobre a máfia da merenda, no qual o deputado é investigado; a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo divulgou uma nota em que critica a atitude de Palermo; "Seu objetivo não parece ser buscar reparação ou contestar qualquer informação da reportagem, mas intimidar o profissional e, pela força, censurar a revista 'Carta Capital'", afirma a nota; em um e-mail, segundo a revista, Palermo escreveu: "'Eu fiz 25 anos de karatê e sempre apliquei isto na minha vida. Olha dá certo. Derrubava caras de 120 kilos praticamente com olhar!!'"
O advogado Rogério Auad Palermo, cunhado do presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Fernando Capez (PSDB), fez ameaças a um repórter da revista "Carta Capital" que cobre a máfia da merenda, no qual o deputado é investigado; a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo divulgou uma nota em que critica a atitude de Palermo; "Seu objetivo não parece ser buscar reparação ou contestar qualquer informação da reportagem, mas intimidar o profissional e, pela força, censurar a revista 'Carta Capital'", afirma a nota; em um e-mail, segundo a revista, Palermo escreveu: "'Eu fiz 25 anos de karatê e sempre apliquei isto na minha vida. Olha dá certo. Derrubava caras de 120 kilos praticamente com olhar!!'" (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O advogado Rogério Auad Palermo, cunhado do presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Fernando Capez (PSDB), fez ameaças a um repórter da revista "Carta Capital" que cobre a máfia da merenda, no qual o deputado é investigado.

Nesta quarta-feira (27), a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo divulgou uma nota em que critica a atitude de Palermo. "Seu objetivo não parece ser buscar reparação ou contestar qualquer informação da reportagem, mas intimidar o profissional e, pela força, censurar a revista 'Carta Capital'", afirma a nota.

De acordo com a revista, as intimidações ao repórter Henrique Beirangê começaram após a publicação de uma reportagem sobre a abertura de mais de 20 empresas por familiares de Capez.

Em um e-mail, segundo a revista, Palermo escreveu: "'Eu fiz 25 anos de karatê e sempre apliquei isto na minha vida. Olha dá certo. Derrubava caras de 120 kilos praticamente com olhar!!'"

Posteriormente, em mensagem por celular, ainda de acordo com a revista, Palermo escreveu que precisava conversar com o repórter, e concluiu o texto com o número do prédio e do apartamento onde o jornalista mora.

A revista afirmou que o repórter registrou um boletim de ocorrência de ameaça.

"Não deixaremos de divulgar informações de interesse da população em hipótese alguma. Tais ameças apenas reforçam a certeza de esse é o caminho que devemos seguir", afirma o jornalista.

A reportagem da Carta Capital pode ser acessada aqui.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247